Hoje não é café, mas sim farinha.

Na semana passada fornecemos uma dica de como poderemos fazer o nosso café sustentável. Esta semana não vamos falar de café, mas sim de farinha.

Depois das bolotas que ontem os nossos amigos nos deram, foi tempo de aproveitar o calor da salamandra para fazer mais experiências e para reduzirmos custos e a nossa pegada ecológica.

Pois é! Se ajustarmos o tempo que as bolotas estão no forno, podemos apenas aquecê-las até ao ponto em que tostamos apenas a casca para facilmente a podermos quebrar e retirar o miolo inteiro.

Depois basta moer o miolo com o nosso moedor de farinha manual e “voilá”! 😉 Farinha de bolota.

Para quem não sabe, antes de a batata e o milho terem sido trazidos da América Latina, a base da alimentação em Portugal era precisamente a bolota e a castanha. Fazia-se pão de bolota, bolos, etc…

Nós em breve também vamos recuperar essas receitas maravilhosas, autóctones, sustentáveis e ecológicas! 😉

P.S. – E sem glúten! 😉

IMG_9159
IMG_9161
IMG_9165
IMG_9169

Leave a Reply