Dia Fantástico para Trabalhar lá Fora

Fomos presenteados com mais um fantástico dia primavera, em que iniciámos o processo de germinação de três variedades de feijão, duas variedades de milho e ainda outras sementes especiais. Vamos tentar que o nosso milho azul dos índios norte-americanos germine, esperando que a semente não tenha perdido a sua viabilidade. As plântulas de grão de bico, parecem estar a desenvolver-se bem e espalhámos pelo terreno, sementes de camomila, calêndula e mostarda, ao mesmo tempo que recolhíamos hortã-pimenta e consolda. A hortelã, ficará temporariamente a aromatizar o yurt e a consolda foi desidratada no velhinho forno solar com destino a infusões e macerações. Fizemos experiências com propagação de consolda e sabugueiro por estaca que esperamos que resultem, a ver vamos!

Ainda no exterior encontrámos um dos nossos “habitantes”, provavelmente a controlar a população de um “primo” que poderia causar estragos!

Finalmente, metemos mão na massa para fazer o nosso maravilhoso xarope de flor de sabugueiro que ficará durante algumas semanas a apurar até poder ser degustado! Só o cheiro é divinal! 😉

Já da parta da tarde libertámos mais uma área no yurt com o objectivo de ter um espaço maios e mais permanente de convívio e brincadeira junto ao solo, para nós e para a nossa menina! 😉

Equilíbrio no Ecossistema

Hoje de manhã saltámos logo para o jardim demos inicio aos trabalhos de recolha e armazenamento das restantes podas que ainda estavam espalhadas. Com a enxada e ancinho demos uma penteadela para remoção de ervas da área onde será instalada a futura oficina. Com este processo foi possível remover mais lixo e impurezas que ainda se encontravam debaixo do solo. Estamos cada dia mais perto de termos o espaço imaculado! 😉

De seguida, procedemos ao corte manual de algumas ervas para incorporar no compostor e depois de uma banhoca no chuveiro exterior, nada como parar para observar a evolução do espaço e contemplar o que temos vindo a conseguir fazer para ajudar no equilíbrio do nosso ecossistema. Prova disso é o regresso das joaninhas vermelhas que até então ainda não tinham aparecido durante os nossos quase dois anos de estadia. Esperamos que aqui se fixem, pois agora encontram um espaço sem poluição com bastante para se alimentarem e boas condições para se reproduzirem! 😉

O nosso composto está mesmo praticamente no ponto para ser aberto e distribuído pelo espaço! Já passou quase um ano desde a altura em que deixámos de colocar material fresco. Vamos aguardar pelo próximo mês revolvendo o conteúdo durante os próximos tempos para uniformizar o aspecto! 😉

Manutenção, Germinações e Propagações

Assim que a chuva parou, toca a ir para rua fazer propagações de rosmaninho, dois tipos de alecrim, e alfazema, cuidando das propagações de hortelã e cidreira que foram feitas nas semanas anteriores. Controlámos o estado da germinações de grão biológico, das mudas de couve e de espinafre, procedendo à manutenção das plantas que pudessem necessitar de ajuda depois da carga de água que caiu nos últimos dias. Limpeza daqui, limpeza dali, o dia passa a correr apenas em tarefas de manutenção. Ainda apanhámos physalis e verificámos a quantidade de flor de laranjeira que se está a desenvolver! Esperemos que se reflita em fruta da boa! 😉 Demos um jeito no sabugueiro que está enorme e todo em flor, apanhámos mais das suas flores para o xarope que iremos fazer em breve e por fim, temos neste momento os sabonetes desenformados e em cura durante as próximas 4 a 5 semanas! 😉

Massagens Ecológicas Permahealing

Hoje demos mais um passo na evolução do projecto de massagens ecológicas Permahealing. Actualizámos a página e criámos novos flyers para colocar os nossos serviços à disposição do espaço dos nossos amigos Nádia e Luís do Supertubos Beach Hostel! Obrigado pela oportunidade! 😉

https://www.facebook.com/permahealing.massage

Permahealing

Xarope e Novos Conjuntos de Sabonetes

Durante o dia de ontem e hoje, recolhemos as preciosas flores do nosso sabugueiro para fazermos o maravilhoso xarope de flor de sabugueiro, que iremos diluir em água e beber bem gelado como refresco de verão! 😉

Ao entrar a primavera, ganhámos também uma nova vontade de recolocar o stock de sabonetes ecológicos para os nossos banhos biodegradáveis e para ter alguma disponibilidade em quantidade para os apoiantes do projecto poderem investir em nós.

Criámos novos conjuntos dos fresquinhos sabonetes Tangerina/Canela, os medicinais e fantásticos sabonetes de Calêndula. Por fim, um conjunto de sabonetes redondos simples de azeite que faz as maravilhas dos mais sensíveis. Daqui a 4/5 semanas estão prontos para seguirem para casa dos nossos apoiantes! 😉

Para saberem mais sobre os nossos sabonetes e consultarem as propriedades medicinais de cada um, vão até: Sabonetes

E que tal? Quem está a fim dumas banhocas medicinais e ecológicas? 😉

Cama de Rede e Desidratações

Com a entrada da nova estação, está oficialmente aberta a época da cama de rede! É verdade, mesmo que ainda não esteja sempre agradável no exterior, viver num yurt tem esta vantagem, podemos sempre montá-la no interior! Para apoiar a cabeça nada como as nossas velhinhas almofadas de algodão feitas por nós, com enchimento de lã de ovelha reutilizada. 😉

Chegou a altura de colocar uma protecção na cúpula para reduzir a intensidade dos raios solares mais intensos no interior e aproveitar os últimos dias para recolher aromáticas e medicinais e utilizando o antigo forno solar para fazer a desidratação das mesmas como forma de preservação. Para isso basta deixar uma pequena abertura por onde poderá escapar o excesso de temperatura e o vapor de água. Passadas três horas no máximo cá estão as nossas ervas desidratadas e prontas para serem armazenadas ou utilizadas no fabrico dos nossos produtos ecológicos.

 

Sistema de Video Jogos Retro / Media Center

Após vários meses de termos dado início à tarefa de criação de um sistema de video jogos retro a 12v, alimentado exclusivamente por energia solar, hoje demos por concluída a tarefa. Ainda no ano passado, começámos por criar uma consola original utilizando um raspberry pi 3, uma caixa de disco externo, muita imaginação e muito material reutilizado. Entretanto libertámo-nos de dois monitores a 220v que já não serviam a nossa necessidade, trocando por um mais moderno a 12v que pode ser utilizado como monitor externo nos projectos de restauro do génio da maçã, ou como televisão/media center em futuros workshops. Depois de tudo montado e configurado faltavam apenas alguns cabos acessórios que permitiriam ligar este sistema minimalista ao sistema fotovoltaico com segurança. Sendo assim e depois de hoje recebermos a última peça do puzzle, confirmamos que é possível e funciona lindamente no nosso humilde sistema que conta apenas com um painel de 130w e uma bateria de 78amph. Depois de tudo testado e medido, os dois sistemas em funcionamento conjunto, consomem uns meros 2,4amph correspondentes a 28,8wh, ou seja, metade do que consome regularmente uma única lâmpada de incandescência de 60wh. O monitor em si consome apenas cerca de 19wh, ou seja um terço da tal lâmpada! Maravilha! 😉 A solução não está em investir em inúmeros painéis e baterias como se vê por aí, mas sim reduzir a necessidade e trocar algumas soluções por outras mais eficientes.

 

Evolução do Jardim/Horta – Março 2017

Por fim, hoje concluímos a descompactação do solo e libertação de lixo do espaço ocupado pelo primeiro canteiro da futura horta. Infelizmente este trabalho é demorado e duro pois a conta gotas e a cada cavadela saem dois ou três bocados de plástico, cabos ou pedaços de chapa lusalite, entre outros tipos de lixo. Temos de pensar em resolver este problema de uma forma mais rápida e eficiente que não envolva custos, mas por agora temos de ser mesmo nós e devagar devagarinho. De qualquer forma, este está pronto para ser coberto por palha no topo e caruma ou estilha de pinheiro nas valas de infiltração. Adicionaremos também vasilhas de barro não vidradas, como principal sistema de irrigação, enquanto não avançarmos para o próximo estádio de evolução. Em breve vamos poder colocar alguns vegetais na terra, por hoje deixámos o solo protegido e coberto com cartão para evitar que o sol remova a humidade e mate os microorganismos de que tanto necessitamos  😉

Temos vindo também a libertar e a cuidar das plantas que introduzimos e propagámos. A primavera chegou e finalmente tudo está com rebentos ou já em flor. Nas figueiras surgem novas folhas e minifigos. Nos citrinos aparecem também novas folhas e algumas flores. As ameixeiras, uma das nossas pereiras, o sabugueiro, as alfazemas, o rosmaninho, os alecrins, a consolda, uma das nossas variedade de salva e todas as calêndulas estão em flor. Surgem novas folhas também no marmeleiro, nos loureiros, no medronheiro, no funcho, na erva cidreira, nas hortelãs e na segurelha. Resumindo tudo se está a desenvolver muito bem e a ficar cada vez mais forte. Na última imagem, podem ver o compostor quase pronto para ser aberto e aplicado o seu conteúdo em todas as árvores e arbustos! 😉

 

Dia de Verão

Hoje esteve um autêntico dia de verão! Que calor! O dia começou bem cedo com o cuidar e o regar das plantas mais sensíveis. A meio da manhã já tínhamos a limpeza e o arejamento dos conceitos concluído e o nosso modesto sistema fotovoltaico já estava a full power e a carregar todos os dispositivos com bateria. Aproveitámos ainda para carregar um banco de energia externo a partir do inversor que restaurámos o ano passado. À hora do almoço já contava com três duches de água aquecida pelo Sol no chuveiro exterior! 😉

Da parte da tarde aproveitámos o bom tempo, para mais actividades em família. Fomos até à praia com a nossa carrinha e aproveitámos para dar o primeiro mergulho do ano no mar! De regresso, fomos à mata recolher caruma e umas pernadas de eucalipto para fazermos os nossos bálsamos e sabonetes naturais. Ao chegarmos, tratámos de cobrir  o solo de um dos nossos acessos com a caruma que recolhemos. Carrinha limpa e arrumada, toca a tomar um último duche para fechar o dia em beleza. Por fim o descanso e a luz do Sol a desaparecer gradualmente na nossa cúpula! Até amanhã.

Mais um Dia a Celebrar a Mãe Natureza

Para muitos hoje é dia da mulher, para nós será mais um dia da mãe natureza e como tal celebrámos da melhor forma aproveitando o dia com actividades no exterior. Continuámos com as nossas actividades de manutenção do espaço, seja desobstruindo a área de escoamento de águas cinzas para o círculo de bananeiras, recolhendo o resultado das podas, revolvendo o quase pronto composto, fazendo propagações ou finalmente iniciando a preparação do primeiro canteiro da horta. O dia foi passado em família sempre na companhia da meninas cá de casa e a tratar de devolver este espaço ao mundo natural, purgando o restante lixo que encontramos ao soltar o solo. Desde o corte da semana passada todas as plantas desenvolveram imenso, o Sabugueiro está em flor, algumas espécies de Pereiras, Laranjeiras e Ameixeiras estão com botões a rebentar e já nos restam poucos dias para terminar as podas. A mestre de obras mais pequena já demonstra iniciativa, corre todo o espaço sem sapatos e na horta nada como se apresentar de galochas e enxada na mão! 😉