Aventuras Pelo Centro de Portugal

Na semana passada partimos na nossa unidade móvel até ao interior do país. Já que saímos do nosso espaço durante alguns dias, decidimos focar a nossa visita nos concelhos afectados pelos fogos deste ano. Não tivemos dúvidas quando partimos decididos a visitar os concelhos de Pedrogão Grande, Castanheira de Pêra, Góis, Figueiró dos Vinhos, Arganil e Oliveira do Hospital. No percurso vimos muito do que a televisão não mostra, mas vimos também que muita da natureza que amamos se mantém intacta.

Este ano centrámo-nos especialmente em actividades de família, aproveitando para estender a nossa comunidade, tivemos a oportunidade de visitar por algumas horas, a nossa amiga Agnes, o marido Álvaro e os seus três filhotes. Ela dedica o seu tempo e actividade, a tarefas relacionadas com homeschooling e ainda ajuda e guia famílias de todo o mundo que procuram alternativas ou mesmo refúgio, devido ao ensino doméstico não ser permitido nos seus países de origem. É um trabalho muito importante e fantástico, que conta com o nosso apoio total. Esperamos encontrar-nos novamente em breve, desta vez no nosso espaço mais junto à costa! 😉

Toda a viagem correu muito bem, a carrinha comportou-se como uma campeã, mas Infelizmente não tivemos muita sorte quando precisámos de ajuda, depois de um pneu furado e já a caminho de casa. O individualismo e falta de solidariedade impediu todos os que passaram por nós de parar para saber se estávamos bem ou se poderiam ajudar de alguma forma. Já depois do episódio e de termos de esperar por assistência, deparámo-nos nas redes sociais com um ou dois comentários de pessoas que disseram que também não paravam, pois não sabiam se poderíamos ser assaltantes ou algo do género. Sendo assim, deixem-me dizer a quem não parou para ajudar, que não tenham medo, pois com uma carrinha lenta de 1982, com cortinas, de pneu e painel solar no tejadilho ou seríamos uns ladrões como muito bom gosto ou com uma grande falta de noção na escolha de um carro de fuga! 😉

Aqui ficam algumas imagens por alguns dos pontos de passagem e a foto do pneu rebentado, praticamente no fim do percurso! 😉

Deixar uma resposta