Gratidão e Abundância

Diariamente fazemos o nosso melhor, com o que ainda consideramos ser pouco sabermos. Agradavelmente vamos descobrindo e aplicando ao nosso ritmo, os conhecimentos sob a forma de investimento no mundo natural, que este nos devolve atempadamente, em forma de abundância. O solo ainda não está perfeito, mas está muito mais evoluído e capaz do que há três anos atrás, quando estava morto, cheio de lixo e completamente rapado. Esperamos ao longo dos próximos anos, continuarmos a assistir a uma evolução exponencial de todos os sistemas e principalmente, continuar a aperfeiçoar as nossas próprias sementes. Já temos sementes de 2ª geração e recentemente de 1ª, que estamos a recolher este ano, já completamente adaptadas ao nosso solo e clima. A comida tem ido directamente da horta para o prato e mesmo que não tenha a “perfeição” do tamanho e do o aspecto convencional, o valor nutricional é bem superior! 😉 Ao mesmo tempo recolhemos e secamos medicinais, observamos e tentamos identificar as novas espécies que vêm habitar o espaço connosco, vemos a fruta a maturar nas árvores, recolhemos sementes e cuidamos da nossa saúde ingerindo comida verdadeira, sem agrotóxicos e não modificada geneticamente.

Gostaste da Dica? Subscreve agora! 😉

Evolução do Espaço – Primeira Quinzena da Julho

Neste momento, colhemos diariamente tudo o que a natureza nos oferece ao seu ritmo. Um par de tomates dali, umas folhas de alface daqui, uma cebola de acolá, um alho francês, uns rabanetes e umas folhas de couve e rúcula do outro lado. As árvores já dão Figos e Peras, as Ameixas vêm a caminho juntamente com os Marmelos e as Pêras mais tardias. Nunca vimos tantas abelhas e especialmente Zangões que incansavelmente nos ajudam na manutenção do espaço. A luta contra as “infestantes” vai sendo resolvida aos poucos e de forma manual, dirigindo essa matéria “inoportuna”, transformando-a numa oportunidade na pilha de composto, à volta das árvores ou na alimentação das galinhas que transformam todos os nutrientes em ovos. Aqui ficam alguns registos fotográficos:

Novas Habitantes Completamente Integradas

As novas habitantes estão completamente integradas, andando à sua vontade a explorar cada recanto, alimentado-se do que querem e quando querem, com água da chuva suficientemente disponível para a sua necessidade. Entram e saem livremente da capoeira que tem a porta sempre aberta para não as condicionarmos na sua vontade. Já se habituaram a colocar os ovos no interior e todos os dias têm ervas fresquinhas que colhemos no jardim, para complementar a sua alimentação.

Celebrações, Viagens e Alguns Paraísos Urbanos

Pouco publicámos nos últimos 15 dias. Muitas coisas aconteceram, desde projectos inesperadamente adiados, problemas de saúde na família e uma recente viagem de celebração e convívio. Passadas estas duas semanas, tudo está calmo de novo. Estamos principalmente aliviados com a resolução dos problemas de saúde na família e que felizmente tiveram um bom desfecho. Aos poucos, regressámos ao nosso registo, festejando em família o terceiro aniversário da nossa menina e celebrando-o mais calmamente, uma semana depois, numa viagem até ao norte de Portugal, onde fomos em busca de mundos naturais dentro de uma grande cidade. Descobrimos verdadeiros paraísos no Parque Biológico de Gaia, na Quinta do Covelo e no Parque das Lavandeiras. Três sugestões a não perder  para as quais deixamos alguns registos fotográficos.