Actualização Relativamente às Galinhas

Nos próximos tempos, temos de encontrar novas companheiras para a nossa preta lusitânica, pois infelizmente descobrimos da pior forma que as outras duas meninas, já vinham doentes, desde a altura em que as comprámos e não resistiram. Inicialmente quem nos as vendeu, garantiu que certos pormenores no aspecto e comportamento delas eram normais, por haver um galo na capoeira no local de onde elas vinham, mas desde o início percebemos logo, algumas fragilidades e limitações que tinham como galinhas. Não comiam couves, não reconheciam a ração bio em pellets, não comiam lagartas, caracois, lesmas, nem minhocas. Percebemo-nos que apenas conheciam pão, ração pulverizada e algumas ervas mais simples, que devia ser o alimento ao qual tiveram acesso durante os primeiros dois anos de vida.

Sendo assim era impossível serem saudáveis com esse tipo de alimentação. Faleceram as duas da mesma forma e com os mesmos sintomas, que depois de alguma investigação, percebemos que é uma doença que já vinha incubada nelas e que pode manter-se activa para contágio até durante três meses. Aparentemente, esta que sobreviveu pode não ter sido contagiada, mas não há certezas de nada, visto que ainda não voltou à postura de ovos. Aparentemente esta menina, está a reagir bem e com bom aspecto. Já recuperou todas as penas, está bastante activa, mas nada nos diz que não tenha sido contaminada pelas outras duas. Vamos aguardar e esperar pelo melhor.

Leave a Reply