Diversificando Actividades

A última semana tem sido sempre a bombar e com as mais variadas actividades. Temos aceite vários desafios de manutenção e restauro de mobiliário, manutenção de canalizações e reparações electrónicas de aparelhos destinados ao aterro. Tudo isto, ao mesmo tempo que cuidamos do espaço, que colhemos alguns alimentos e que criamos novos conjuntos de produtos de cuidado da pele para os nossos apoiantes. No fim de semana, ainda foi possível fazermos uma visita de apoio a um projecto amigo, mas mesmo assim, com tanta coisa a acontecer ao mesmo tempo, a Oficina de Trabalho Móvel está a avançar e amanhã já vamos dar mais um empurrão grande para a coisa ir. Está a ficar fabulosa e vai permitir trabalhar de forma mais célere e eficaz tendo espaço para todas as ferramentas estarem disponíveis rapidamente.

Se reconheces valor no nosso trabalho, fica a saber como nos podes apoiar em: https://bit.ly/2HDZBkv

Já conheces os nossos produtos ecológicos? Fica a conhecê-los em: https://bit.ly/2pgxNZi

Queres visitar o nosso espaço e aprender mais? Reserva já a tua visita aqui: https://bit.ly/2FfHrBq

Oficina Móvel de Vento em Poupa

Finalmente e ao fim de alguns anos, conseguimos reunir à nossa capacidade de planeamento e execução, os materiais e a equipa certa para nos ajudarem a concretizar a nossa Oficina de Trabalho Móvel Lowcost de acordo com o nosso plano. Os trabalhos de soldadura começaram no final da semana passada e estamos bem lançados já com a estrutura concluída a uns 70%. As Janelas e a porta provêm de Outlet/Segunda mão e já iniciámos a remoção do silicone velho que vem agarrado ao PVC. A cobertura e a fachada isoladas já estão a postos, para serem cortadas e aplicadas. Ontem estive o dia todo de volta do chão a lixar, aspirar, dar três camadas de cor e três camadas de verniz. Em principio fica pronto amanhã, depois da última lixagem e camada de verniz. Faltam depois os cortes de encaixe dos tubos da estrutura mas isso só antes de fechar as paredes. Se tudo correr bem no início de Julho temos o conceito concluído.

Nutrir para Colher e Evitar Desperdício.

As últimas duas semanas foram de loucos e não temos parado um segundo. Temos feito um pouco de tudo. Remoção/controle de canas e ervas; Limpeza de caminhos; Plantio, colheitas e transformação; Recuperações de mobiliário e equipamentos electrónicos. Aqui no projecto, o nosso solo está a regenerar-se a um bom ritmo, aguenta melhor a humidade e está mais rico e nutrido. Até o que colhemos, de ano para ano, está cada vez mais saboroso. Além do nosso trabalho no terreno, temos recuperado material electrónico funcional, que encontrámos literalmente no “lixo” e ainda mobiliário de madeira para lá caminhava se não nos tivesse sido doado.

Em relação à mesa de cabeceira, tratámos de limpá-la muito bem, por dentro e por fora. Retirámos as mossas e marcas de copos e ainda tinta que lhe tinha caído em cima. Por fim lixámos todas as peças e aplicámos protector de madeira. Ficou pronta e já está em funcionamento!

O computador que encontrámos estava funcional, foi só mesmo uma questão de limpar o interior, o exterior e o Sistema Operativo. Não coloquem este tipo de artigos funcionais no “lixo” ou na “reciclagem”. Há também ainda, outra espécie de “mamíferos invertebrados” que aceitam doações para partirem tudo, desmantelarem e venderem para o “ferro velho”, não se importando se os equipamentos estão funcionais ou se podem ter uma segunda vida ou não. Doem a quem precisa ou a quem pode colocar estes produtos a bom uso e com bons destinos. Não temos capacidade nem logística para recolher tudo o que nos oferecem, mas tentamos pelo menos contribuir para a resolução de uma parte do problema, canalizando recursos para onde faz sentido.

Mais três Canteiros

Hoje o dia foi todo aplicado na expansão da horta. Monda manual, abastecimento de pontos de água para pássaros e polinizadores, manutenção dos espaços, recolha de sementes e colheita de alimentos. Felizmente já me sinto com mais força para atacar manualmente o que há para fazer e tive a ajuda das duas meninas cá de casa. Enxada, ancinho, luvas e toca de cortar toda a matéria vegetal dos espaços a ocupar com novos canteiros de produção alimentar. Como sempre, aplicámos mais uma vez o método “no dig” (Não Cavar), e o método “Lasagna” (Por camadas) para cobertura do solo. Removemos as ervas pela base sem retirar raízes, cobrimos o solo com bastante cartão molhado, por cima uma camada fina de palha, e no final todas as ervas que tínhamos retirado anteriormente. Regar tudo muito bem para manter a cobertura, e palha, o cartão e o solo húmido e daqui a uns dias está pronto para ser plantado. O dia foi duro e longo mas estamos com uma horta cada vez maior. A ideia será, de futuro, ter todo o espaço que ainda está livre, coberto de alimentos.

Se reconheces valor no nosso trabalho, fica a saber como nos podes apoiar em: https://bit.ly/2HDZBkv

Já conheces os nossos produtos ecológicos? Fica a conhecê-los em: https://bit.ly/2pgxNZi

Queres visitar o nosso espaço e aprender mais? Reserva já a tua visita aqui: https://bit.ly/2FfHrBq

Manutenção e Preparação para o Verão

No início desta semana atacámos forte e feio na monda manual e no suporte dos tomateiros, na limpeza de caminhos e no controle de ervas indesejadas e também na gestão das espécies anuais e perenes, que temos prontas para ir para a terra. Aproveitámos ainda para colher medicinais para chá e para produzirmos os nossos óleos macerados, que irão dar origem a novos produtos de cuidado e manutenção da pele. A cama de rede está montada, a mesa de refeição no exterior pronta a ser utilizada diariamente e o Tipi no centro da horta, pronto para receber os “índios” que cá vierem brincar.

Se reconheces valor no nosso trabalho, fica a saber como nos podes apoiar em: https://bit.ly/2HDZBkv

Já conheces os nossos produtos ecológicos? Fica a conhecê-los em: https://bit.ly/2pgxNZi

Queres visitar o nosso espaço e aprender mais? Reserva já a tua visita aqui: https://bit.ly/2FfHrBq