Nutrir para Colher e Evitar Desperdício.

As últimas duas semanas foram de loucos e não temos parado um segundo. Temos feito um pouco de tudo. Remoção/controle de canas e ervas; Limpeza de caminhos; Plantio, colheitas e transformação; Recuperações de mobiliário e equipamentos electrónicos. Aqui no projecto, o nosso solo está a regenerar-se a um bom ritmo, aguenta melhor a humidade e está mais rico e nutrido. Até o que colhemos, de ano para ano, está cada vez mais saboroso. Além do nosso trabalho no terreno, temos recuperado material electrónico funcional, que encontrámos literalmente no “lixo” e ainda mobiliário de madeira para lá caminhava se não nos tivesse sido doado.

Em relação à mesa de cabeceira, tratámos de limpá-la muito bem, por dentro e por fora. Retirámos as mossas e marcas de copos e ainda tinta que lhe tinha caído em cima. Por fim lixámos todas as peças e aplicámos protector de madeira. Ficou pronta e já está em funcionamento!

O computador que encontrámos estava funcional, foi só mesmo uma questão de limpar o interior, o exterior e o Sistema Operativo. Não coloquem este tipo de artigos funcionais no “lixo” ou na “reciclagem”. Há também ainda, outra espécie de “mamíferos invertebrados” que aceitam doações para partirem tudo, desmantelarem e venderem para o “ferro velho”, não se importando se os equipamentos estão funcionais ou se podem ter uma segunda vida ou não. Doem a quem precisa ou a quem pode colocar estes produtos a bom uso e com bons destinos. Não temos capacidade nem logística para recolher tudo o que nos oferecem, mas tentamos pelo menos contribuir para a resolução de uma parte do problema, canalizando recursos para onde faz sentido.

Leave a Reply