Praticando o Desapego. Fim de um Projecto de Dois Anos

O dia de hoje e a última semana têm sido de emoções fortes. Após dois anos de um projecto de recuperação de uma carrinha clássica fantástica, hoje como forma de praticar o desapego e como forma de permitirmos que mais pessoas possam usufruir da nossa criação, despedimo-nos dela, relembrando a energia, a dedicação e todo o trabalho envolvido neste projecto. Sabemos que fica bem entregue a uma família de quatro elementos e que esperamos que tenham sucesso com a sua utilização, que vivam tantas ou mais aventuras que as que nós vivemos e que continuem os trabalho de manutenção e recuperação para não a deixarem morrer por falta de cuidados.

Realidade, Manutenções e Doações.

Viver desta forma e querer fazer evoluir um espaço de forma ecológica e sustentável, é sinónimo de muito trabalho e pouco descanso, ao contrário daquilo que te é vendido nos cursos de permacultura e nos videos do youtube. Geralmente parece que basta um grande planeamento inicial (que se parte do princípio que já tens todos os conhecimentos para poderes fazer esse grande planeamento, o que nunca corresponde à realidade), e depois, momentos de acção, que geralmente envolvem alguma gente nova, muito saudável e evoluída espiritualmente, que voluntariamente irá fazer o trabalho por ti. Na prática e na realidade, em condições normais, terás de ser tu a meter mãos na massa e fazer o teu percurso sozinho, porque cada um tem a sua vida e muito poucos ou nenhuns se chegam à frente para te ajudar, mesmo os teus amigos que acham piada ao que andas a fazer. Por outro lado, se queres ajuda à séria e não tens como pagar essa ajuda ou até com quem trocar serviços, lamento informar-te mais vais ter de meter mãos na massa a dobrar e contares apenas contigo. Daí a nossa abordagem ser a de mostrar que na realidade, são os conjuntos de pequenas acções diárias feitas por nós, que resultam a longo prazo na busca por uma maior auto-suficiência e crescimento pessoal.

Os últimos dias têm estado fantásticos para trabalhar na rua e é aí que temos concentrado os nossos esforços. Já temos o espaço todo “tosquiado”, as plantas mais importantes libertadas e as árvores conduzidas para um melhor e mais rápido crescimento. Recentemente foram-nos doados dois objectos de grande volume, os quais não poderíamos ter recolhido sem a nossa preciosa relíquia, a nossa carrinha multifuncional de 1982, que acabou de completar 36 anos, 147.000km, e que nos levou tranquilamente esta semana até Lisboa, onde fomos recolher um compostor para o espaço das galinhas e uma máquina de costura antiga a pedal em versão condensada, de uma amiga do coração que a têm desde 1950. Quem nos doa objectos sabe que além de os recuperarmos e/ou estimarmos realmente, estes nunca ficarão esquecidos ao tempo ou abandonados num barracão.  Obrigado pelas fantásticas ofertas. Em cada uma delas, há sempre um sentimento de reconhecimento pelo nosso trabalho e confiança de que estes objectos, terão uma segunda vida digna, no nosso projecto de ecologia. Obrigado! 😉

Gostaste das dicas? Subscreve agora! 😉

Visitas, Recursos Gratuitos, Materiais e Novos Projectos

Com o bom tempo dos últimos dias, esta semana continuamos a avançar com mais germinações que irão ocupar os espaços que formos preparando e tornando disponíveis para plantío. Ainda tivemos tempo de receber amigos para conviver, brincar com água da dorna, mergulhar nas ervas e balançar no novo baloiço. A Ines, o Rui e o Max ofereceram-nos fantásticas ferramentas de madeira e de metal que eram do Max e que agora ficaram para a Gaia brincar na horta. Obrigado amigos. Até já! 😉

Ontem recolhemos imenso cartão no papelão junto a uma padaria, que vamos poder utilizar na cobertura de solo das novas camas que pretendemos fazer no modo (“no dig bed” – Canteiro directo sem necessidade de cavar). Só nos falta a estilha para cobrir o cartão e podermos plantar directamente. Vamos ver o que se arranja nos próximos tempos! 😉

Hoje, e antes que o tempo mude de novo, a nossa carrinha voltou à estrada. É um prazer conduzir esta relíquia. Depois das verificações habituais, arranca sempre à primeira e nunca desilude. Lá fomos buscar material para o telhado da capoeira, e madeira tratada para um projecto novo! O que será que andamos a planear?

Queres saber mais? Subscreve já! 😉

 

Preparando a Chegada da Primavera

Estas duas semanas fomos acompanhados de noites de céu estrelado, lua em fase crescente e dias de Sol quentes, que são uma celebração e inspiração para fazermos mais. Uma das vantagens de termos optado por viver rodeados de elementos naturais, é que a proximidade com os mesmos, permite-nos estar em cima do acontecimento.

Sendo assim, conseguímos ter todas as nossas frutíferas podadas, bem como, libertámos a maior parte das aromáticas que estão agora a despertar de novo. Recolhemos ainda, urtigas com as quais fizemos um panelão de sopa e uma quiche vegan. Como é habitual, recolhemos flores e folhas medicinais que crescem abundantemente, por todo lado, para incorporarmos nos nossos produtos artesanais.

Toda a matéria orgânica que o terreno neste momento, produz em excesso, é cortada e larga no local ou incorporada nos compostores como matéria rica em nitrogénio, de forma a reduzirmos a necessidade de inputs do nosso sistema. Sem produção própria, recolhemos regularmente e gratuitamente na carpintaria local, aparas de madeira, que são a base do funcionamento das nossas sanitas secas e parte do processo de compostagem e saneamento.

A palha que utilizamos para cobrir a matéria orgânica largada nos compostores, tem de ser adquirida e financiamos essa necessidade, através dos apoios ao projecto. Aproveitamos para agradecer aos nossos dois apoiantes desta semana, que receberam ontem as nossas encomendas, e que permitiram conseguirmos fazer este investimento, aqui traduzido directamente em elementos necessários à evolução do espaço.

Com a chuva de regresso, estamos mais tempo dentro de casa, fazemos modificações interiores e reutilizando elementos, criamos espaços com novas disposições. A Maria conta agora com uma mesa de  trabalho colapsável, adicionámos novos elementos funcionais na WC de apoio ao abrigo hobbit e corrigimos os sistemas de retenção das portas. Ao mesmo tempo, estamos no interior a planear as próximas fases da horta e elementos a incorporar no futuro próximo.

Por fim e como forma de praticar o desapego, esta semana disponibilizámos a nossa carrinha mutiusos a quem a quiser adquirir, permitindo a outros usufruirem parte da nossa experiência com a mesma. Nas próximas duas semanas de chuva, ficará coberta e protegida dos elementos para garantir que se mantém minimamente cuidada, para regressar à estrada nos dias de Sol desta primavera que se aproxima.

Já subscreveste as nossas notícias para nos seguires mais de perto? Em breve terás acesso a conteúdos exclusivos que apenas te chegarão por email! Subscreve agora! 😉

Actividades em Família

Nos últimos dias tem corrido imenso vento, o que torna inviáveis os trabalhos na rua, mesmo quando o sol espreita. Hoje atrevemo-nos, a continuar esta fase de recolha e redimensionamento das podas, podendo contar com os três elementos da família permabio. Em forma de brincadeira, redimensionámos, separámos, organizámos e arrumámos grande parte das podas do nosso espaço. Ainda temos bastante material para continuar o mesmo processo e outro maior para ser cortado a moto-serra. Hoje, foi possível suportar o trabalho na rua, pois o Sol estava bem quentinho. Estes recursos gratuitos, serão utilizados ao longo do ano, nos nossos conceitos de aquecimento a lenha. Nas próximas semanas contamos ter todas as árvores preparadas para a Primavera! 😉 Aproveitámos ainda para arrumar e preparar a nossa carrinha, para a uma primeira saída do ano e para uma breve revisão do seu estado, antes da próxima inspecção.

Aventuras Pelo Centro de Portugal

Na semana passada partimos na nossa unidade móvel até ao interior do país. Já que saímos do nosso espaço durante alguns dias, decidimos focar a nossa visita nos concelhos afectados pelos fogos deste ano. Não tivemos dúvidas quando partimos decididos a visitar os concelhos de Pedrogão Grande, Castanheira de Pêra, Góis, Figueiró dos Vinhos, Arganil e Oliveira do Hospital. No percurso vimos muito do que a televisão não mostra, mas vimos também que muita da natureza que amamos se mantém intacta.

Este ano centrámo-nos especialmente em actividades de família, aproveitando para estender a nossa comunidade, tivemos a oportunidade de visitar por algumas horas, a nossa amiga Agnes, o marido Álvaro e os seus três filhotes. Ela dedica o seu tempo e actividade, a tarefas relacionadas com homeschooling e ainda ajuda e guia famílias de todo o mundo que procuram alternativas ou mesmo refúgio, devido ao ensino doméstico não ser permitido nos seus países de origem. É um trabalho muito importante e fantástico, que conta com o nosso apoio total. Esperamos encontrar-nos novamente em breve, desta vez no nosso espaço mais junto à costa! 😉

Toda a viagem correu muito bem, a carrinha comportou-se como uma campeã, mas Infelizmente não tivemos muita sorte quando precisámos de ajuda, depois de um pneu furado e já a caminho de casa. O individualismo e falta de solidariedade impediu todos os que passaram por nós de parar para saber se estávamos bem ou se poderiam ajudar de alguma forma. Já depois do episódio e de termos de esperar por assistência, deparámo-nos nas redes sociais com um ou dois comentários de pessoas que disseram que também não paravam, pois não sabiam se poderíamos ser assaltantes ou algo do género. Sendo assim, deixem-me dizer a quem não parou para ajudar, que não tenham medo, pois com uma carrinha lenta de 1982, com cortinas, de pneu e painel solar no tejadilho ou seríamos uns ladrões como muito bom gosto ou com uma grande falta de noção na escolha de um carro de fuga! 😉

Aqui ficam algumas imagens por alguns dos pontos de passagem e a foto do pneu rebentado, praticamente no fim do percurso! 😉

Bálsamos novos, Gavetões com sobras e Massagens ao final do dia

Hoje iniciámos o dia com trabalho na rua. Visitando o nosso pequeno stock de sobras de material, encontrámos peças de tricapa, resultantes dos cortes da construção do abrigo hobbit. Transformámos as mesmas, utilizando-as nos fundos dos dois gavetões que estavam em falta. Cortámos todo o material necessário para os finalizarmos e metemos mão à obra. Ao final do dia estavam prontos! 😉

Durante a manhã, as meninas no interior do yurt, trabalhavam a sua alquimia para fazerem um novo conjunto do nosso maravilhoso bálsamo de Eucalipto que utilizamos nas massagens e que disponibilizamos em quantidades limitadas e reduzidas a quem decide apoiar o nosso projecto de ecologia! 😉

Ao final do dia recebemos a visita da nossa vizinha Luísa com a Filha que vieram em busca das mãos milagrosas da Maria, para resolverem os seus problemas musculares, usufruindo logo do bálsamo fresquinho, feito hoje de manhã! 😉

Sub-Projecto da Carrinha com Conclusão à Vista!

Nos últimos dias, e no intervalo das actividades inerentes à vida no projecto, temos sempre que possível, avançado com os últimos pormenores e detalhes do projecto de restauro/conversão da carrinha. A praticamente duas semanas do fim deste sub-projecto, já migrámos o gavetão com sanita para o espaço definitivo no interior, adicionámos mais três cortinas (faltam outras três), criámos o sistema de fixação para a mesa colapsável, cortámos mais peças a partir de sobras / material reutilizado para concluir os outros dois gavetões que faltam e criámos ainda um sistema de fixação manual (com peças personalizadas e sem necessidade de ferramentas para fecho/abertura) que em menos de dois segundos, fixa ou solta toda a estrutura modular/banco/cama do chão da carrinha. Por fim, adicionámos duas barras lowcost no tejadilho para fixarmos o pneu suplente e o painel solar fotovoltaico cá de casa, que poderemos levar connosco, sempre que necessário, pois o nosso sistema eléctrico a 12v é modular e móvel, permitindo ser utilizado em qualquer conceito. Até ao início de Agosto contamos ter tudo concluído. Em Setembro precisamos de avançar para novos projectos, nomeadamente o cold frame para germinar ainda no inverno, as sementes a utilizar na horta na próxima primavera e a muito desejada capoeira para as Galinhas.

Mesa Zen Colapsável de Arrumação Vertical

Hoje construímos a nossa mesa zen colapsável para a carrinha, concebida totalmente com materiais reutilizados e até os parafusos e porcas são usados. É utilizada connosco sentados e terá como função principal tomarmos as nossas refeições, trabalharmos no computador ou servir de base/suporte/tabuleiro a partir do exterior, quando utilizada na sua posição fechada. Além de todas estas vantagens não ocupa praticamente espaço nenhum pois será em breve, armazenada verticalmente na traseira do banco do passageiro no recentemente criado painel de OSB! 😉

 

 

Novo Gavetão e Sanita Seca no Sistema Modular Amovível

Os últimos dois dias têm sido de imenso trabalho criativo a reutilizar materiais e a usar sobras para conseguirmos avançar com os restantes espaços do sistema modular amovível que estamos a construir para a carrinha. Criámos o segundo Gavetão e a Sanita Seca a incorporar num dos dois gavetões interiores que ainda não construímos. Como se vê nas imagens está tudo impecável e à medida. O gavetão de cozinha/despensa já se encontra em funcionamento e já foi testado ontem! A sanita seca portátil e amovível cabe perfeitamente no interior dos gavetões mas foi uma trabalheira danada fazer todos os ajustes, cortes e encaixes para o balde no tampo personalizado! 😉

Painéis e Banco concluídos

Com muito esforço e investimento pessoal, depois de um ano de darmos início a este projecto de restauro, aos poucos fomos fazendo dentro das nossas possibilidades o melhoramento da nossa velha carrinha de 1982. No ambiente urbano onde estamos inseridos, mas onde tudo está a uma distância considerável, este elemento é crítico e tem várias funções. Permite-nos por exemplo, actividades cruciais como o transporte de lenha que ainda não conseguimos produzir, palha, madeira, paletes, resultados de trocas e tudo o que for necessário, como fazer deslocações, visitar projectos amigos, levar o projecto até outros locais, fazer trocas de serviços e até pernoitar. Todos os elementos devem ter várias funções e que cada função deve ser suportada por vários elementos. Por exemplo, a função de pernoita ou dormida está suportada neste momento pelo yurt, pelo abrigo hobbit e agora pela carrinha. Este projecto é um excelente exemplo de aplicação dos dois princípios de design de permacultura enumerados.

Dia Maioritariamente Verde!

Desde o verde das folhas da figueira, ao verde dos figos, e ao verde da carrinha, hoje o dia foi maioritariamente verde. Dedicamos os dois últimos dias na procura de soluções para podermos avançar hoje com a substituição de algumas borrachas da nossa carrinha. Ao mesmo tempo que andámos na rua, desejávamos que chegasse a hora de regressar a casa pois não há nada que substitua a frescura da sombra da nossa figueira, onde nos abrigamos nas horas de calor mais intensas. Como bónus os Melros ainda nos deixaram figuinhos dos bons para o lanche! 😉

Energia e Eficiência

Catalisar, armazenar, gerir, optimizar e conservar, são verbos que aplicamos a todas as formas de energia. Nos últimos dias temos despendido de bastante energia pessoal, com o trabalho de restauro na carrinha. Sempre que as condições são favoráveis, armazenamos a energia que o Sol e o nosso sistema fotovoltaico permitem. No dia-a-dia gerimos, optimizamos e conservamos pela forma como a gastamos, abdicando de transformadores a 220v de uso ineficiente e convertendo os aparelhos eléctricos que necessitamos para uso directo a 12v, utilizando a energia eficientemente. As plantas do nosso jardim fazem-no de forma perfeita e agradecem o nosso impulso aproveitando o máximo de recursos que podem para se desenvolver.

Na sequência do mesmo assunto, hoje procedemos ao restauro e à conversão de uma máquina de depilar da Braun, com cerca de 20 anos. Tinha deixado de funcionar há algumas semanas e depois de aberta e identificado o problema, tratámos de a reparar e aproveitámos ainda para eliminar o transformador e ligar directamente ao quadro eléctrico a 12v. É bastante económica, gastando em potência máxima apenas 3,6w ou seja 16 vezes menos que uma lâmpada de incandescência de 60w.

Também nós, precisamos de carregar as baterias internas e com o calor que se fez sentir hoje,  foi dia de usufruir de um merecido descanso à sombra da figueira na cama de rede e no interior do abrigo hobbit, que em dias de verão, são os locais mais frescos e com mais sombra no nosso espaço.

Ao fim do tarde, uma visita à praia e um mergulho no mar para libertar, expandir e abastecer! Ao observar conscientemente o que nos rodeia, constatamos que a própria água do mar, ao recuar na areia, utiliza o caminho mais eficiente e de menor resistência, formando os padrões dendríticos que se podem ver nas imagens 😉

Restauros, Caracóis, Massagens e Prendas

Ontem continuámos com o trabalho de restauro do chão da carrinha e ao final do dia devolvemos ao nosso amigo Pedro o seu macbook air, agora de cara lavada, limpinho, optimizado e a arrancar o OS em 11 segundos! 😉

Hoje, no exterior fizemos mais transplantações e germinações, aproveitamos para cortar ramos ladrões em algumas árvores e controlámos o excesso de caracóis através da apanha manual, pois ainda não temos predadores naturais que possam resolver o problema por nós. Como em permacultura os problemas são vistos como oportunidades, parece que o provável destino da bicharada será mesmo o tacho! 😉

Durante a manhã preparámos o espaço para receber da parte da tarde uma  amiga do projecto, que veio até cá visitar-nos e recorrer a um dos nossos serviços de massagem. No abrigo hobbit, beneficiou de uma relaxante massagem reparadora para as suas contraturas e inflamações musculares e saiu daqui como nova! 😉

Trouxe algumas prendinhas personalizadas para todos e que fazem parte dos trabalhos e serviços que disponibiliza. Dois colares para as meninas e umas bolachinhas sem glúten para o guloso de serviço! Obrigado Luísa, pelas prendinhas, pelo lanchinho e pelo apoio, até breve! 😉