Um Novo Ciclo de Celebrações

Demos início ao novo ciclo de celebrações de Final de Ano, com a montagem em família, do nosso conceito minimalista de Árvore de Natal. Somos gratos pela onda de generosidade característica desta época e queremos agradecer em especial, as ofertas/doações de equipamentos que os nossos amigos Riikka e Pedro, fizeram recentemente. Vamos dar uma segunda vida a esses equipamentos, restaurando-os e/ou reutilizando-os em futuros projectos evitando que vão parar um aterro ou que sejam desmantelados enquanto estiverem a funcionar em condições. Uma das ofertas foi um velhinho portátil, que é uma robusta máquina de guerra de 2003, mas que já tratámos de começar o processo de limpeza, para podermos passar à fase seguinte da sua recuperação. Obrigado por estas prendinhas antecipadas! 😉

“Lixos” de Jardim

Depois de dois finais de dia inspiradores junto ao mar, ao regressarmos a casa, deparamo-nos com um monte enorme de ramos e arbustos junto ao contentor do lixo. É incrível como em pleno séc. XXI, ainda existam mentes “brilhantes”, que colocam os “Lixos” de Jardim no caixote da rua ou junto a ele. É do mais idiota possível ter-se um jardim ou um quintal e depois de podar árvores, arbustos e cortar a relva, ter a fantástica ideia de ir deitar tudo “fora”. Desta forma não só retiram fertilidade ao seu solo, como criam um problema para “outro alguém” resolver. Outra idiotice para a qual não tenho tolerância são as queimadas. Estas ainda mais danosas para o solo e para o ar, além de que são potenciais causadoras de incêndios.

Resumindo, recolhemos logo na hora, o que alguém deitou fora de forma errada e transformámos um problema numa oportunidade. Hoje depois de tratarmos o espaço dos animais dedicámos o dia todo à trituração desses recursos gratuitos, distribuindo-os nos espaços menos férteis que temos. Já mais ao final do dia, podámos um dos nossos sabugueiros que estava bastante descontrolado e como “pessoas normais” que pensam, deixámos toda a matéria triturada ao redor da árvore, adicionando desta forma, água, nutrientes e protecção de solo, ao mesmo tempo que fizemos evoluir e acelerar numa hora, o que a natureza demoraria meses ou um par de anos a fazer. A nossa menina esteve envolvida em todo o processo, trazendo ramos para triturar e levando a estilha no seu carrinho de mão para fertilizar os canteiros ou como ela diz, dar papinha às plantas! Ehehe

Esta semana também já conseguimos ter totalmente plantados, com culturas de inverno, os três canteiros que preparámos anteriormente. Tudo está a evoluir gradualmente e temos de continuar com os trabalhos de preparação para o inverno.

Gostaste da dica? Não percas nada do que temos para te ensinar! Subscreve já! 😉

Em Constante Mudança e no Bom Caminho

Nas duas últimas semanas decorreram algumas mudanças no projecto, umas boas, outras não tão boas, mas esse navegar com a vida é que nos faz acordar com olhos no futuro,  não deixando de viver o presente.

Vendemos a nossa carrinha clássica, para podermos continuar a fazer evoluir o projecto investindo em novos recursos e resolvemos alguns pormenores técnicos relacionados com o terreno, que contribuem para a nossa resiliência a longo prazo.

Em relação aos animais, uma gata selvagem matou o coelho que cá andava e Infelizmente, uma das nossas galinhas, que já acusava algum problema desde o início, mas que nunca conseguimos diagnosticar, foi ficando gradualmente debilitada. Num curto espaço de dias não resistiu. Desconfiámos desde o início pois sabíamos que pelo menos uma delas não estava a colocar ovos. Agora ficamos com a companhia de apenas duas meninas.

Têm surgido oportunidades que nos vão permitindo fazer o projecto avançar e especialmente pessoas que acreditam e confiam no nosso trabalho. Estes últimos continuam a ajudar-nos e a investir em nós, como é o caso da nossa amiga Luísa que nos visitou a semana passada e que sempre nos presenteia com a sua presença e com doações fantásticas, que vão desde sementes ou cartão, a aparelhos electrónicos para recuperar e dar uma segunda vida, bem como, ferramentas de trabalho. Foi um bom dia de convívio com muita partilha pessoal, entre pessoas verdadeiras, sem capas e sem máscaras! 😉 Obrigado amiga Luísa, por todo o apoio que nos tens dado! Beijo nosso! 😉

Apresentamo-vos o Badé

Como este é o ano da bicharada, já percebemos que além das galinhas, o gatinho preto que nos foi presenteado pela própria mãe na sexta-feira 13 passada, e que resgatámos da morte, vai provavelmente ficar cá por casa. Eu só espero que quando o “Badé” crescer, não raspe ou rasgue nenhuma tela, não se meta com as galinhas e não me vá mexer na horta, senão está tramado comigo. Um grande obrigado à nossa amiga Ana que nos tem dado dicas preciosas e até nos enviou comida de emergência, um biberão e ainda outras coisas, que nos permitiram salvar esta vidinha! 😉 Hoje, com cerca de três semanas, ele parece forte, anda (gatinha), trepa a tudo, já vai comendo papa sólida, devora o biberão e arranha toda a gente enquanto as suas necessidades não estão satisfeitas. Salta constantemente da caixa para andar a explorar ou à nossa procura. A origem do nome Badé, tem um significado especial para nós como família, pois a Gaia, quando ainda balbuciava, e não falava como fala hoje, sempre que via um gato, seja fisicamente ou numa ilustração, automaticamente dizia “Badé”. E pronto, este é o Badé! 😉

P.S. – Se alguém tiver uma caixa de transporte e/ou uma caixa de areia com peneira, que não use e que não se importe de nos ceder, o Badé agradece! 😉

Visitas, Recursos Gratuitos, Materiais e Novos Projectos

Com o bom tempo dos últimos dias, esta semana continuamos a avançar com mais germinações que irão ocupar os espaços que formos preparando e tornando disponíveis para plantío. Ainda tivemos tempo de receber amigos para conviver, brincar com água da dorna, mergulhar nas ervas e balançar no novo baloiço. A Ines, o Rui e o Max ofereceram-nos fantásticas ferramentas de madeira e de metal que eram do Max e que agora ficaram para a Gaia brincar na horta. Obrigado amigos. Até já! 😉

Ontem recolhemos imenso cartão no papelão junto a uma padaria, que vamos poder utilizar na cobertura de solo das novas camas que pretendemos fazer no modo (“no dig bed” – Canteiro directo sem necessidade de cavar). Só nos falta a estilha para cobrir o cartão e podermos plantar directamente. Vamos ver o que se arranja nos próximos tempos! 😉

Hoje, e antes que o tempo mude de novo, a nossa carrinha voltou à estrada. É um prazer conduzir esta relíquia. Depois das verificações habituais, arranca sempre à primeira e nunca desilude. Lá fomos buscar material para o telhado da capoeira, e madeira tratada para um projecto novo! O que será que andamos a planear?

Queres saber mais? Subscreve já! 😉

 

Actividades em Família

Nos últimos dias tem corrido imenso vento, o que torna inviáveis os trabalhos na rua, mesmo quando o sol espreita. Hoje atrevemo-nos, a continuar esta fase de recolha e redimensionamento das podas, podendo contar com os três elementos da família permabio. Em forma de brincadeira, redimensionámos, separámos, organizámos e arrumámos grande parte das podas do nosso espaço. Ainda temos bastante material para continuar o mesmo processo e outro maior para ser cortado a moto-serra. Hoje, foi possível suportar o trabalho na rua, pois o Sol estava bem quentinho. Estes recursos gratuitos, serão utilizados ao longo do ano, nos nossos conceitos de aquecimento a lenha. Nas próximas semanas contamos ter todas as árvores preparadas para a Primavera! 😉 Aproveitámos ainda para arrumar e preparar a nossa carrinha, para a uma primeira saída do ano e para uma breve revisão do seu estado, antes da próxima inspecção.

Recebendo Família

Esta semana ao mesmo tempo que fazíamos a manutenção dos conceitos recebemos a visita dos meus pais que deram uma ajuda preciosa, seja a brincar e a cuidar da neta enquanto trabalhávamos com afinco, ou mesmo metendo as mãos na massa, lixando e pintando connosco! 😉 Ainda nos trouxeram um novo Limoeiro e uma Laranjeira que plantámos em família e que a Gaia fez questão de ir regar interrompendo as suas “tarefas” na sua nova cozinha exterior feita com materiais reciclados ou reutilizados! 😉

Aventuras Pelo Centro de Portugal

Na semana passada partimos na nossa unidade móvel até ao interior do país. Já que saímos do nosso espaço durante alguns dias, decidimos focar a nossa visita nos concelhos afectados pelos fogos deste ano. Não tivemos dúvidas quando partimos decididos a visitar os concelhos de Pedrogão Grande, Castanheira de Pêra, Góis, Figueiró dos Vinhos, Arganil e Oliveira do Hospital. No percurso vimos muito do que a televisão não mostra, mas vimos também que muita da natureza que amamos se mantém intacta.

Este ano centrámo-nos especialmente em actividades de família, aproveitando para estender a nossa comunidade, tivemos a oportunidade de visitar por algumas horas, a nossa amiga Agnes, o marido Álvaro e os seus três filhotes. Ela dedica o seu tempo e actividade, a tarefas relacionadas com homeschooling e ainda ajuda e guia famílias de todo o mundo que procuram alternativas ou mesmo refúgio, devido ao ensino doméstico não ser permitido nos seus países de origem. É um trabalho muito importante e fantástico, que conta com o nosso apoio total. Esperamos encontrar-nos novamente em breve, desta vez no nosso espaço mais junto à costa! 😉

Toda a viagem correu muito bem, a carrinha comportou-se como uma campeã, mas Infelizmente não tivemos muita sorte quando precisámos de ajuda, depois de um pneu furado e já a caminho de casa. O individualismo e falta de solidariedade impediu todos os que passaram por nós de parar para saber se estávamos bem ou se poderiam ajudar de alguma forma. Já depois do episódio e de termos de esperar por assistência, deparámo-nos nas redes sociais com um ou dois comentários de pessoas que disseram que também não paravam, pois não sabiam se poderíamos ser assaltantes ou algo do género. Sendo assim, deixem-me dizer a quem não parou para ajudar, que não tenham medo, pois com uma carrinha lenta de 1982, com cortinas, de pneu e painel solar no tejadilho ou seríamos uns ladrões como muito bom gosto ou com uma grande falta de noção na escolha de um carro de fuga! 😉

Aqui ficam algumas imagens por alguns dos pontos de passagem e a foto do pneu rebentado, praticamente no fim do percurso! 😉

Celebrações, Comunidade e Processamento de Alimentos

Ontem celebrámos o acontecimento mais importante da nossa vida pela terceira vez, ou seja o 2º aniversário da nossa menina, aproveitando para ir passear até ao local preferido de brincadeira da nossa bébé, a praia! Aproveitando a presença dos meus pais, recebemos uma preciosa ajuda na apanha de Pêra Rocha e Ameixas que estão prontas e que se não forem aproveitadas agora, acabam por ir parar ao chão e não ter a utilidade alimentar de que necessitamos. Em troca aproveitámos para partilhar parte dos excedentes e o resto processámos, transformando a polpa em compota e a pele e caroços em geleia. No total processámos 5Kg de Pêra já descascada e descaroçada (1kg para compota e 4kg para congelar) e 3,4Kg de Ameixa que foram transformados em compota.

Os ramos resultantes das podas que demos nas Pereiras em Fevereiro já estão completamente secos com o calor dos últimos tempos e têm sido utilizados como forma de biomassa para alimentar o nosso sistema de água quente a lenha, a bailarina.

Resumindo, com a energia investida hoje e apenas com a extração de recursos de uma pereira e duas ameixeiras, conseguimos transformar num output energético muito superior e que esperamos durar umas boas semanas pelo menos. Daqui a 4 ou 5 semanas teremos disponíveis ainda outras Três árvores de outra variedade de Pêra para colher e processar para armazenarmos esse alimento preservado sob a forma de Calda, Compota, Geleia ou Licor.

O Banho dos Guerreiros foi no final do dia, com água quente aquecida com as podas da pereiras, no chuveiro exterior. Ao mesmo tempo, aproveitou-se para alimentar com a água do banho, o chá príncipe e a citronela que está plantada a toda a volta! 😉

Quando dois Projectos Bonitos Cooperam!

Ontem fomos até ao espaço do nosso amigo João, do projecto minicasasportugal, para em conjunto construirmos o chão definitivo da nossa carrinha. Já tínhamos algum trabalho adiantado a nível do molde de recorte da cava da roda e tubagens. Desta forma, tivemos margem de tempo para deixarmos o chão ainda mais bonito e completo do que estávamos a pensar. Contámos com a ajuda e a experiência do nosso amigo João e com fantásticas dicas e materiais que nos disponibilizou. Este é mais um projecto de cooperação e a prova de que quando os nossos projectos cooperam criamos sempre coisas fantásticas! 😉

O chão metálico da carrinha levou uma camada fina de isolamento de cortiça apenas para evitar o contacto directo da madeira com o metal, eliminando possíveis oscilações que provocassem barulho. De seguida a placa principal foi concebida a partir de um leve contraplacado de choupo, ao qual foi colada uma camada de cortiça mais resistente em toda a sua superfície. Por fim levou todos os pormenores de acabamento e lixagem antes de ser instalado. Obrigado amigo pelo excelente trabalho e ajuda! 😉

Ao final do dia conseguimos finalmente encontrar o fole da caixa de velocidades que ao ser colocado hoje, eliminou de vez o barulho extra e a ventania que se fazia sentir anteriormente.

Hoje de manhã, a nossa inspectora de serviço já deu a sua aprovação total e já andou a saltitar e correr descalça a sentir a cortiça nos pés, ao longo de toda a caixa da carrinha.

Ficam a faltar quatro sub-projectos para a conclusão desta nossa intervenção na carrinha. Fazer as cortinas, os painéis de madeira para as portas o banco/cama/cozinha/arrumação e arranjar uma solução para o transporte do pneu sobresselente e ferramentas.

Milho Tradicional – Ouro Vivo

Hoje o nosso amigo Melo presenteou-nos com ouro vivo! Nada mais, nada menos que massarocas de milho da sua terra Natal, que tem vindo a ser recuperado como forma de manter a semente viva. Vamos tratar de germiná-lo para ir para a terra o quanto antes e podermos contribuir à nossa maneira para a manutenção destas sementes tradicionais! É uma parte da nossa história que é preservada juntamente com nutrientes adaptados ao nosso organismos e sem modificações genéticas! 😉 Obrigado  amigo, por te teres lembrado de nós! 😉

IMG_1091

Visita, Trabalho de Génio e Convívio à Sombra da Figueira.

Nos últimos dias recebemos a visita da nossa amiga Luísa, que é uma grande apoiante do nosso projecto. Aproveitámos para fazer uma limpeza interna, manutenção do software e diagnóstico ao seu macbook, que se encontrava sobrecarregado com algumas tarefas e aplicações que trabalham em pano de fundo e tinha algum pó na ventoinha e interior da tampa. Depois dos problemas resolvidos e da máquina limpa, chegou a hora de colocar a conversa em dia, ao mesmo tempo que partilhámos alguns petiscos gastronómicos incluindo o fantástico pão que trouxe e que utiliza apenas fermento natural capturado previamente. Estava muito calor e nada como conviver na rua, à sombra da nossa enorme figueira e ao som dos batuques do tambor. Houve logo quem aproveitasse para dar um pézinho de dança! 😉

Obrigado pela visita e até já! 😉

 

Visitas cá em Casa e Piquenique no Parque

Nos últimos dias temos recebido algumas visitas, nomeadamente a nossa amiga Riikka com os seus meninos, que vieram até cá brincar e lanchar, e ainda trouxeram alguns brinquedos e roupa para a Gaia! O nosso amigo Luís, também veio até cá dar umas dicas na recuperação da carrinha e ainda ficou mais um pouco, para um momento de convívio acompanhado de um cafézinho e xarope de sabugueiro! 😉

Hoje foi o nosso dia para irmos passear um pouco, levando a carrinha até ao parque D.Carlos I nas Caldas da Rainha, onde fizemos um piquenique, passeámos, brincámos no parque infantil e por fim, fomos até casa do nosso amigo João e Karolien do projecto minicasas portugal, fazer uma breve visita e beber um cházinho depois do almoço!

Obrigado a todos! 😉

Restauro e Manutenção, Entrega e Recolha.

Os últimos dias têm sido utilizados na entrega ou recolha e manutenção de máquinas. Finalizámos duas reparações no âmbito do nosso projecto de combate à obsolescência programada, onde recuperámos dois macbook pro, destinados à reciclagem ou ao aterro. Felizmente existe o projecto Génio da Maçã e os desejos dos nossos apoiantes são realizados como por magia! 😉

Ainda durante a tarde fomos levantar a “nova” máquina de costura a pedal que foi ao mecânico fazer a devida manutenção. Obrigado ao nosso amigo Melo que ainda deu uma grande ajuda no processo de logística de recolha da mesma! Haja braços amigo! Não é? 😉

Alimentos Saudáveis

Utilizando a farinha integral de trigo barbela (com farelo) que trouxemos no sábado, do moinho da nossa amiga fátima, fizemos pães indianos chapati acompanhados de vegetais e molho de yogurte de soja bio, com alho, caril, flor de sal, azeite e mostarda dijon para o jantar de ontem e ainda preparámos como alimento probiótico das próximas semanas, couve roxa fermentada (sauerkraut) que ficará em repouso até estar preparada para ser consumida. Por fim para sobremesa e snack, musse de chia com alfarroba! Estamos a preparar também mais uma garrafa exclusiva de licor de flor de sabugueiro! Nham nham! 😉

Projecto Permabio no Moinho do Boneco

O projecto Permabio não poderia deixar de participar na iniciativa local do dia nacional do moinho, apoiando a nossa amiga Fátima e o Moinho do Boneco no concelho limítrofe ao nosso. Aqui ainda se continua a moer o cereal recorrendo ao vento e a mós de pedra. As variedades moídas são cultivadas localmente ou em concelhos vizinhos e as sementes tradicionais, adaptadas há varias gerações ao clima e solo da região, como é o caso do trigo barbela. Depois da visita guiada e explicados em detalhe todas as funções, sinaléticas e mecanismos do moinho, chegou a altura de apoiarmos a iniciativa e levarmos connosco alguns kilos de farinha para uso pessoal. Contámos ainda com a generosa oferta de algumas sementes locais e tradicionais ao nosso projecto para, também nós, podermos ajudar no processo de manter vivas estas variedades.

Massagens Ecológicas Permahealing

Hoje demos mais um passo na evolução do projecto de massagens ecológicas Permahealing. Actualizámos a página e criámos novos flyers para colocar os nossos serviços à disposição do espaço dos nossos amigos Nádia e Luís do Supertubos Beach Hostel! Obrigado pela oportunidade! 😉

https://www.facebook.com/permahealing.massage

Permahealing

Xarope e Novos Conjuntos de Sabonetes

Durante o dia de ontem e hoje, recolhemos as preciosas flores do nosso sabugueiro para fazermos o maravilhoso xarope de flor de sabugueiro, que iremos diluir em água e beber bem gelado como refresco de verão! 😉

Ao entrar a primavera, ganhámos também uma nova vontade de recolocar o stock de sabonetes ecológicos para os nossos banhos biodegradáveis e para ter alguma disponibilidade em quantidade para os apoiantes do projecto poderem investir em nós.

Criámos novos conjuntos dos fresquinhos sabonetes Tangerina/Canela, os medicinais e fantásticos sabonetes de Calêndula. Por fim, um conjunto de sabonetes redondos simples de azeite que faz as maravilhas dos mais sensíveis. Daqui a 4/5 semanas estão prontos para seguirem para casa dos nossos apoiantes! 😉

Para saberem mais sobre os nossos sabonetes e consultarem as propriedades medicinais de cada um, vão até: Sabonetes

E que tal? Quem está a fim dumas banhocas medicinais e ecológicas? 😉

Velocidade Cruzeiro

Ontem funcionámos a velocidade cruzeiro! Como forma de aproveitar o solarengo dia, limpámos e libertámos o espaço destinado à futura Oficina, fizemos algumas propagações e ainda antes do almoço recebemos os nossos amigos Ana e Bruno para nos virem dar uma mãozinha no controle de ervas e nas podas com o auxílio da moto-serra e da roçadora! No espaço de horas fizemos o que normalmente eu faria em algumas semanas. A serventia para a carrinha está de novo operacional, a zona da futura horta também já se encontra a avançar e as zonas limítrofes da vedação estão limpas e já se circula livremente. Todas as podas foram armazenadas para serem utilizadas nos nossos conceitos a lenha. Todas as ervas cortadas foram deixadas no local para seguirem com o seu processo de compostagem e nutrição do solo. Ao fim do dia, o banho dos guerreiros com água quente no chuveiro exterior soube pela vida! 😉 Ficou a faltar a poda de mais algumas árvores que terá de avançar durante esta ou a próxima semana. Amigos, obrigado pelo convívio e pelo vosso trabalho! 😉