Andámos perdidos por aí

Durante alguns dias fomos dar uma mãozinha aos nossos amigos da montanha! Entre caminhadas pela montanha e banhos no rio, andámos perdidos por lá a usufruir do que resta de espaços menos alterados pela mão humana. Aproveitámos para descansar um pouco ao mesmo tempo que ajudámos quem precisava das nossas competências. instalámos um pequeno sistema fotovoltaico com material reutilizado a uns e fizemos uma limpeza do Génio de Maçã a outros. Revisitámos alguns amigos, visitámos outros pela primeira vez e voltámos mais ricos destas experiências, prontos para continuar a fazer evoluir o nosso projecto! Obrigado a todos, vcs sabem quem são! Abraços do fresco Oeste para as quentes montanhas do centro de Portugal. Até já! 😉

O espaço em Agosto de 2019

Sem dúvida com condições climatéricas diferentes, este Agosto tem sido de “Sol fechado”, húmido e quente. Mesmo assim, a horta continua a dar-nos comidinha da boa e temos novos canteiros já a evoluir para uma próxima época produtiva. Depois do grande trabalho dos últimos meses que culminou com a instalação da Oficina móvel, foi necessário fazer mais alguns restauros de equipamentos que permitiram adaptar e colocar o interior funcional, para os trabalhos relacionados com os nossos serviços de apoio ao projecto. O Abrigo Hobbit está de novo disponível para os serviços de massagem e neste momento temos todos os espaços funcionais e prontos para arrancar com actividades. Neste momento preparamos-nos para uma pausa de celebração, reflexão e programação dos próximos passos evolutivos e deixamo-vos algumas imagens do que foi a nossa semana e do aspecto do espaço nesta primeira semana do mês! 😉

4 anos, alguns meses e 12 horas depois

Depois de 4 anos de projecto adiado pelas mais variadas razões, alguns meses de trabalho árduo, hoje, ao fim de 12 horas de trabalho, o nosso conceito de oficina móvel está finalmente em casa. Este dia foi duro desde as alterações de última hora necessárias logo pela manhã, ao carregamento, transporte e montagem. Obrigado a todos os que estiveram envolvidos da concretização deste fabuloso projecto. Espero que estejam tão orgulhosos quanto eu, pela magia que juntos conseguimos fazer para passarmos de um projecto desenhado, para um objecto real que vai permitir fortalecer um dos braços do nosso projecto de agroecologia! Deixo-vos algumas imagens que transmitem o dia de hoje e o enquadramento do conceito no projecto. Obrigado David, Thonny, Marcelino, Lucas, André, Lino e João Neves. Até já! 😉

Tiny House / Oficina de Trabalho Móvel

Hoje é dia de celebração! 😉 Ao fim de 7 anos de projecto, estamos finalmente, a transformar mais um sonho em realidade. Concluímos o nosso conceito original de Tiny House / Oficina de Trabalho Móvel. Estamos a poucos dias de ter finalmente um espaço de trabalho com uma área dedicada à arrumação e utilização de ferramentas, confecção e armazenamento de produtos ecológicos, reparações e restauros, desenho, planeamento e desenvolvimento de projectos, ou seja, um espaço de armazenamento e trabalho, onde poderemos desenvolver todas as nossas actividades ao longo do ano, resguardados dos elementos.

Entretanto, Já encontrámos alguns sistemas de madeira no lixo, que vamos poder reutilizar e aplicar no interior do conceito. Vamos aguardar tb por algumas doações ou trocas com apoiantes e parceiros, de mobiliário indesejado para que, em vez de ir parar a um aterro, lhe darmos uma segunda vida. Vamos precisar de estantes, bancada, bancos altos e secretária de madeira. Teremos de seleccionar os materiais, pois vamos ter de adequar o mobiliário aos nichos de trabalho que vamos criar no interior. Se têm algum equipamento em madeira como os que referimos, os quais não vos servem mais, poderemos ter interesse em reutilizá-lo! Contactem-nos! 😉

Hoje, finalizámos os pormenores das janelas de outlet e a fixação da porta em segunda mão. Retirámos todas as protecções dos PVC’s , limpámos os vidros e aspirou-se tudo. Também limpámos todo o interior com um pano húmido para retirar o infindável pó metálico que se agarrou ás paredes e tecto. Está pronto e quando voltarmos a falar dele, esperamos que já esteja no destino! 😉

Se reconheces valor no nosso trabalho, fica a saber como nos podes apoiar em: https://bit.ly/2HDZBkv

Já conheces os nossos produtos ecológicos? Fica a conhecê-los em: https://bit.ly/2pgxNZi

Queres visitar o nosso espaço e aprender mais? Reserva já a tua visita aqui: https://bit.ly/2FfHrBq

Recuperação de Equipamentos e Futura Oficina de Trabalho

Esta semana, recuperámos mais três equipamentos a caminho do aterro, que estão neste momento completamente funcionais. Felizmente estamos na recta final de termos a nossa Oficina / Estúdio móvel de trabalho pronta, para evoluirmos um pouco mais. Em breve, vamos poder contar com mais espaço para catalogar e armazenar, com áreas dedicadas a ferramentas e materiais, espaços para a concepção e execução de projectos novos, restauros, reparações, etc…

Parece Primavera

Como os dias têm estado maravilhosos, e parece mesmo primavera, temos aproveitado a oportunidade de passar mais tempo no exterior, a mondar, transplantar, regar, podar, triturar e a criar cobertura de solo. Estamos finalmente a dar um toque nas laranjeiras que estavam há anos a aguardar uma poda que permita que a luz e o ar circulem livremente na área interior da copa. Ainda há trabalho para concluir nos próximos dias nesse sentido.

Sempre que possível, aproveitamos também para almoçar na rua na mesa exterior que criámos no ano passado. Depois do almoço mudámos finalmente a mesa, para a sua área de Primavera/Verão, visto que temos de começar a pensar nos espaços disponíveis e acessíveis, para instalar a futura oficina móvel.

Esta semana conseguimos ainda colher e secar flores, criar novos sabonetes, enviar algumas encomendas para apoiantes e acima de tudo, conseguimos recuperar / reparar mais alguns equipamentos electrónicos que iam a caminho do aterro ou de desmantelamento, o que nos deixa sempre felizes, não só porque aprendemos sempre algo novo, como evitamos o desperdício de algo que ainda tem vida útil. O que me faz mais confusão é mesmo a quantidade de aparelhos que toda a gente “manda fora”, que são reparáveis e que podem continuar a exercer a sua função perfeitamente.

Produtos Ecológicos e Sementes na Feira de Natal

Nas últimas semanas, temos vindo a trabalhar no sentido trazer um pouco da nossa realidade a todos os que nos apoiam. Para isso, na altura do Natal, disponibilizamos em quantidades limitadas e exclusivas, alguns bens que produzimos ao longo o ano para uso próprio, mas que agora, temos a possibilidade de partilhar convosco. Disponibilizamos simples e fantásticos produtos de cuidado da pele e da casa. Produtos verdadeiramente ecológicos, biológicos e artesanais como Bálsamos Hidratantes, Sabonetes de Azeite e Velas de Cera de Abelha.

Podem saber mais sobre os produtos de cuidado da pele e da casa aqui: https://bit.ly/2pgxNZi

Este ano, decidimos ainda partilhar convosco, as nossas sementes de mini milho crioulo. Chegou até nós como uma variedade crioula do norte de Portugal e esta geração, que já se encontra adaptada ao centro Oeste, em principio não terá dificuldade em adaptar-se a qualquer parte do território, desde que devidamente cuidada. Como mais valia, descobrimos há pouco, que também é excelente para pipocas!

Em Dezembro e de forma exclusiva, estaremos presentes na Feira de Natal de uma terra vizinha, aqui em Peniche, que anualmente nos convida para participarmos. No dia 8 de Dezembro, Sábado, entre as 13h e as 20h, poderão visitar-nos e ajudar o projecto a evoluir mais um pouco, ao mesmo tempo que investem na vossa saúde e bem-estar.

Obrigado a todos os que já manifestaram o seu interesse em apoiar o nosso projecto. Qualquer um destes bens pode ser requisitado ou verificada a disponibilidade por mensagem, através do seguinte formulário:

Não te esqueças de indicar a quantidade de cada um dos itens que desejas, o nome do destinatário e a morada para onde a encomenda deverá ser remetida

 

Evolução do Espaço Nov. 2018 – Manutenção, Recolha e Transformação.

Depois da grande chuvada desta semana, todos os depósitos de captura de água da chuva, estão cheios e disponíveis para os diferentes usos. Felizmente nos últimos dias, o Sol regressou e aproveitámos logo para colocar mãos na massa.

Adicionamos mais espécies na horta de inverno completando camas com Alho Francês, Cebola, Alface, Cenoura e Couve Roxa, fizemos transplantações de plantas em vaso para vasos maiores e colocámos definitivamente um pessegueiro na terra numa cova bem cheia do composto bem curtido resultante da compostagem do output das nossas sanitas secas.

Estamos a preparar novas mudas para espalharmos pelo espaço e estamos felizmente a assistir cada vez mais, á germinação de espécies por auto-sementeira como Calêndulas, Borragem, Acelgas, Rúcula, Urtigas, Hortelã, Cidreira, etc…

Sempre que podemos, recolhemos no jardim, plantas específicas para alimentar a nossa galinha, que oferecemos juntamente com minhocas californianas do nosso vermicompostor. Esta nossa parceira por sua vez consome o que erradamente muita gente ainda entende como espécies invasoras ou pragas (plantas e animais) e transforma-as numa forma de alimento que pode ser utilizado para consumo interno ou como moeda de troca.

Está tudo a ficar verdinho e bem bonito com a camada vegetal regenerada, pelo que temos recolhido plantas medicinais excedentes para secar e até a nossa menina tem dado uma ajuda, a cortar erva príncipe, agora que já domina a utilização da tesoura! 😉

Por fim, queremos agradecer a quem tem investido em nós e agradecer o apoio dado das mais variadas formas. Com a vossa ajuda e pouco a pouco, este espaço que era um depósito de lixos há três anos, tem vindo gradualmente a tornar-se num pequeno paraíso. No processo temos ajudado quem nos procura e inspirado quem anseia por mudança. Obrigado a todos.

Canteiros Outono/Inverno e Reparar, reparar, reparar!

Nos últimos tempos, temos trabalhado e brincado na rua, onde entre cuidar do espaço, fazer pinturas ou desenhos, preparámos novas mudas para introduzir nos canteiros alimentares de outono/inverno, que acabámos de fertilizar e cobrir. Fizemos também algumas transplantações de plantas para novos vasos com mais espaço e nutrientes, para introduzirmos no espaço, assim que regressarem as primeiras chuvas. Ao mesmo tempo, tive necessidade de pessoalmente, dedicar-me a alguns projectos pendentes, relacionados com o restauro e reparação de diferentes aparelhos que recolhemos, que nos foram oferecidos ou para os quais foram requisitados os nossos serviços de restauro. Acreditamos que mais importante que reciclar, é reparar e dar nova vida ao que está estragado ou degradado. A cultura do usa e deita fora, tem os dias contados há muito tempo!

Esta semana além do trabalho do “salvamento” do macbook da nossa amiga Wendy, continuamos a desmontar e a testar, baterias velhas de portáteis para o novo projecto de energia. Reparámos ainda um candeeiro que estava completamente inutilizado com os plásticos internos de apoio e fixação todos partidos, limpámos e restaurámos duas consolas de videojogos, uma fonte de alimentação com 26 anos e um carregador de portátil a 12v. Aos poucos, vamos adicionando novas skills e competências ao nosso cardápio, pois acreditamos que cada vez será mais importante reparar para continuar a utilizar. Esta visão e conceitos são transversais a todo o nosso projecto e totalmente de acordo com um estilo de vida ecológico, onde se valorizam os escassos recursos.

Gostaste da dica? Não percas nada do que temos para te ensinar! Subscreve já! 😉