Como parte do nosso sistema de regeneração do terreno, desde o início delimitámos um espaço que poderá ser convertido num charco. Neste momento está a recolher a água da chuva para que esta se infiltre solo. Com a matéria orgânica que se está a acumular gradualmente no fundo e com a água que retém anualmente, a ideia é a de que com o tempo, se vá impermeabilizando e possamos ter um Charco Biológico que atrairá a biodiversidade. Depois de impermeabilizado, podem ser utilizadas plantas aquáticas específicas como biofiltros, peixes e anfíbios como predadores de insectos prejudiciais às culturas. Podemos utilizar no sistema uma pequena bomba 12v responsável pela circulação e oxigenação da água. Neste momento as margens são utilizadas como canteiros de medicinais / aromáticas e ainda como implantação de árvores para quebrarem os ventos fortes de Sul que aqui se fazem sentir.

Deixar uma resposta