O Espaço Permabio em Outubro de 2017

Aos poucos, o solo vai melhorando com a nossa ajuda, as plantas vão agradecendo, crescendo e cumprindo as suas funções. A nós resta observar, adaptar e orientar a evolução do espaço adicionando mais diversidade e quantidade de espécies no sentido de optimizar ao máximo o nosso trabalho de regeneração. Esta semana fizemos mais propagações e transplantações que em breve incorporarão o sistema. Aqui ficam algumas imagens do espaço nesta altura do ano.

Junho no nosso espaço

Há seis dias comemorávamos o dia da criança e entre muitas outras coisas, esta semana avançámos não só com o restauro da carrinha, como também recebemos a visita dos meus pais que vieram até cá para mudar de ares, brincar com a neta e apanhar caracóis no nosso jardim. Deram uma grande ajuda na manutenção e controle de ervas do espaço que continua o seu processo evolutivo e que se encontra com este aspecto! 😉

Dia Fantástico para Trabalhar lá Fora

Fomos presenteados com mais um fantástico dia primavera, em que iniciámos o processo de germinação de três variedades de feijão, duas variedades de milho e ainda outras sementes especiais. Vamos tentar que o nosso milho azul dos índios norte-americanos germine, esperando que a semente não tenha perdido a sua viabilidade. As plântulas de grão de bico, parecem estar a desenvolver-se bem e espalhámos pelo terreno, sementes de camomila, calêndula e mostarda, ao mesmo tempo que recolhíamos hortã-pimenta e consolda. A hortelã, ficará temporariamente a aromatizar o yurt e a consolda foi desidratada no velhinho forno solar com destino a infusões e macerações. Fizemos experiências com propagação de consolda e sabugueiro por estaca que esperamos que resultem, a ver vamos!

Ainda no exterior encontrámos um dos nossos “habitantes”, provavelmente a controlar a população de um “primo” que poderia causar estragos!

Finalmente, metemos mão na massa para fazer o nosso maravilhoso xarope de flor de sabugueiro que ficará durante algumas semanas a apurar até poder ser degustado! Só o cheiro é divinal! 😉

Já da parta da tarde libertámos mais uma área no yurt com o objectivo de ter um espaço maios e mais permanente de convívio e brincadeira junto ao solo, para nós e para a nossa menina! 😉

Espaço em Evolução, Chuveiro Exterior e Captura de Água da Chuva

Na preparação para a chegada do inverno e com as chuvas da semana passada está tudo e ficar verdinho de novo e bem encaminhado para a evolução da cobertura vegetal que irá permitir a infiltração da água mantendo a estrutura do solo e a protecção dos nutrientes disponíveis. No chuveiro exterior, nota-se muito bem a evolução das mudas de chá príncipe e citronella quem recebem água em grande quantidade! O telheiro exterior está pronto para receber e colectar o máximo de água da chuva que conseguirmos! 😉

Transporte de Materiais e Recolha de Recursos para o Projecto

Depois das paletes, chegou a altura de transportar uma estante de dois metros, cartão, um banco alto de madeira e pinhas. Realmente é fantástico ter este espaço disponível e saber que caberiam pelo menos 10x mais o que trouxe na carrinha. Quando o Pai chega a casa, há sempre uma pequenota que vem a correr para dar uma mãozinha! 😉

Na Próxima semana se não estiver de chuva contamos ir buscar caruma ao pinhal, serradura à carpintaria e o que mais aparecer! Quem tiver recursos que não necessite e que sinta que nos poderá fazer falta é só avisar! 😉

 

 

Visita da nossa amiga Nádia e Família

Há cerca de uma semana, recebemos no âmbito das visitas ao nosso espaço, a nossa amiga Nádia do projecto NadZka e Ru na, com o marido Luís e o filho Bruno de 15 anos. Nas horas que passaram connosco adquiriam novos conhecimentos, verificaram na prática várias teorias e consciencializaram-se e confirmaram a importância de viver uma vida em integração com os elementos e em total respeito pela natureza. Visitaram e experimentaram os nossos conceitos, sentindo e bebendo o mais possível sobre materiais, técnicas, tecnologias e como tudo se organiza e funciona segundo as nossas opções de vida. Partilhamos  conversas sobre os mais variados assuntos adocicados com bolinhos caseiros, chá e café, bem como, com o exclusivo de licor de hortelã feito por nós e apenas para ser degustado em ocasiões especiais! 😉 Gostámos muito de os ter cá e esperamos que voltem em breve! Obrigado Nádia, Luís e Bruno! Até já! 😉

Esta é parte do fantástico testemunho que resolveram partilhar connosco depois da sua visita: “…Uma tarde em Permabio deu-me a mim e aos meus, fé no ser humano, (algo que por vezes preciso cultivar…ou não), ao olhar nos olhos o olhar assertivo e apaixonado do Paulo, a firme e atenta determinação de Maria e a doce e encantadora magia de Gaia. Ao senti-los, ao olhar o seu terreno, a sua floresta, as suas sementeiras e plantações, ao olhar a sua casa, tão confortável, construída com as suas próprias mãos, no meio de tudo e de todo o improvável, ao ver e saborear os seus produtos artesanais e naturais, o seu trabalho que os vai sustentando, ao ouvir as suas histórias, determinação, verdades, aprendizagens, sabedoria, sonhos, dificuldades, planos, concretizações e arte.

Permabio é um projecto humilde, audaz, ambicioso e consciente, em caminhada, em passos assertivos, rumo à biodiversidade e à concretização do sonho de que é possível ir criando a nossa vida, ao nosso ritmo, segundo a nossa natureza, sem dependências de sistemas bolorentos e destrutivos com os quais discordamos e temos o direito de escolher não alimentar. Seres que se dispõem também a abrir as suas portas a outros sonhadores para troca de impressões, conhecimento e fé.

A quem este testemunho tocar, desafiem-se a contactar Permabio, o seu espaço, produtos, partilha e companhia. É também uma forma de ajudar à expansão deste sonho, deste rumo, não só da Permabio como o nosso, o de todos ao nosso ritmo e segundo a natureza de cada um. Muito obrigado P., M. e G. Um doce e forte abraço e ate já. Nádia e família.”

Limpeza da Serventia – Novo Projecto?

Nos últimos dois dias temos trabalhado arduamente na limpeza e desmatamento da serventia, que nos permitiu migrar o projecto para este local há mais de um ano e meio. Esta estava devolvida à natureza e apenas com um carreiro pedestre, mas para a execução de vários projectos que estão em marcha, necessitamos do caminho com espaço, livre e mantido, para podermos transportar materiais e ferramentas, para dentro e fora do terreno. Tanto o projecto da horta no próximo ano, como o do forno a lenha este ano, requerem uma logística para a qual nos estamos a preparar e adequar os meios que temos. Mas há mais um projecto secreto em marcha… Continuem a acompanhar-nos para saberem mais! 😉

Um ano depois!

Esta semana faz um ano que iniciámos o árduo processo de libertação de todo o lixo que se encontrava neste terreno. Iniciámos os trabalhos com vista à recuperação deste espaço que continuava muito mal tratado há anos demais. Ainda hoje, encontramos lixo enterrado no chão nas zonas limítrofes do terreno, mas os trabalhos de purga irão continuar pelo menos durante 2016. Deixamo-vos algumas fotos de como o espaço está hoje de manhã, passado um ano e no estado em que estava o ano passado! 😉

Presente:

Version 2IMG_1893

Passado:

 

Cuidando do espaço exterior / Caring for the outdoor space.

portugal-flag-icon
O dia de hoje foi dedicado a cuidar do espaço exterior. Fomos principalmente recolher e aplicar alguns elementos. Vasos de argila, Terra, Aparas de madeira para o nosso sistema de tratamento de resíduos humanos e fardos de palha para o espaço dos animais, canteiros, árvores e vasos.
Procedemos também à limpeza do espaço dos animais, substituindo a palha no solo.  Semeámos alfaces em covetes de germinação, transplantámos girassóis  e mudámos para vasos maiores alguns arbustos e árvores.

united-kingdom-flag-icon
Today, the day was spent caring for the outdoor space. Mainly we went to colect and apply some elements. Clay pots, Earth, Woodchips for our humanure system and straw bales for the animal area, raised beds, trees and clay pots.
We also cleaned the animal area, replacing the straw in the soil. We sow lettuce seeds in the seedling tray, transplanted sunflowers and repotted some bushes and trees to bigger clay pots.

IMG_1054
IMG_1053
IMG_1056
IMG_1068
IMG_1070

Debulhando Feijão.

Lembram-se daquela cultura tardia de feijão no nosso espaço, com o objectivo de fixar nitrogénio no solo?

Pois bem, depois de termos apanhado as vagens ainda verdes, antes das chuvadas deste mês, deixámos as mesmas a secar num saco de papel por cima da salamandra…

Hoje fomos verificar como estavam e… os nossos primeiros feijões desta espécie completamente adaptados ao nosso espaço transportando consigo a memória genética necessária a poderem ser utilizados no próximo plantio e a poderem devolver a sua adaptação sob a forma de abundância! 😉

IMG_9519
IMG_9522