Compostores e Resultados Práticos

Hoje vazámos pela segunda vez um dos compostores mais antigos, separando alguma palha não compostada nos rebordos e topo, que serviu de cobertura de solo para várias árvores. A restante matéria, foi arejada, molhada e adicionada ao composto finalizado que temos utilizado nos vasos, covetes de germinação e na horta, mas que vai ficar em repouso durante alguns dias para o peneirarmos.

Criámos ainda um novo compostor entre a oliveira e a alfarrobeira. Esperamos que as mesmas se desenvolvam mais rápido e se mantenham nutridas. Esse foi o resultado que observámos nas duas ameixeiras e pereira que estão entre os compostores iniciais e que estão carregadas de fruta neste momento. O Sabugueiro que lá temos ao lado, cresceu uns 500% desde que foi plantado ao lado do compostor, já deu imensa flor e está agora a dar bagas! 😉

Abundância em Mudas, Composto, Minhocas, Horta e Fruta

Durante a manhã tratámos de verificar as mudas e germinações que estão prontas. De seguida abrimos e desmontámos em definitivo o compostor que estava em repouso há mais de um ano, pois este é um dos três compostores onde transformamos eficazmente dejectos humanos e serradura num maravilhoso composto que podemos utilizar inclusive na horta, desmistificando qualquer preconceito relacionado com o tratamento deste tipo de resíduos. O erro é mesmo só para quem aperta o botão do autoclismo levando em água potável, dejectos que são reunidos em grandes quantidades e causando focos de poluição que destroem tudo no seu percurso até ao mar.

A inspectora de serviço ainda verificou a presença de minhocas Eisenia foetida que ajudaram no processo de produção deste maravilhoso composto que de seguida utilizámos em algumas plantações de hoje. Demos ainda um jeito numa ameixeira que evoluiu bastante, de forma a manter um aspecto mais estruturado e sem ramos ladrões. A Pereira que está próximo e a viver entre dois compostores, está a produzir muito mais do que em qualquer dos outros anos. Ora vejam na imagem e contem a quantidade de fruta! 😉

 

Ajuda nas Plantações

Esta semana recebemos a visita dos meus pais, que vieram descansar e dar uma ajuda aqui no espaço. Conseguimos plantar definitivamente quase todas as espécies de árvores e medicinais/aromáticas que tínhamos em espera. Entretanto, já temos mais algumas em vaso, para daqui a uns tempos serem introduzidas no sistema. Tivemos de transplantar uma  das Oliveiras, pois estava a interferir na execução do “projecto secreto” que temos em curso e concluímos as plantações de árvores e arbustos junto aos limites do terreno para actuarem como corta-vento, produção de lenha e produção de matéria orgânica a longo prazo. Os tomateiros na fossa de bananeiras cresceram imenso e apenas em cerca de quatro pés já contámos por alto mais de 70 tomates! 😉 A nossa tangerineira pela primeira vez está carregadinha de tangerina e tudo está a desenvolver-se como esperado. Algumas das espécies plantadas nos últimos dias:

  • Rosmaninho
  • Equinácia
  • Valeriana
  • Tomilho-Limão
  • Poejo
  • Lúcia-Lima
  • Manjericão
  • Miopóros
  • Pêra-Abacate
  • Corcuma
  • Pêra-Melão
  • Figueira
  • Nespereira
  • Alfarrobeira

O nosso amigo Melo ainda nos cedeu a já referida Pêra-Abacate e algumas suculentas:

  • Bálsamo
  • Rosa de Santa Mra

Mais Mecanismos…

Hoje mostramo-vos mais dois mecanismos ou sistemas que utilizamos cá em casa e que permitem processar alimentos ou executar tarefas sem a utilização de electricidade.

Este primeiro trata-se de um extractor manual de óleo a partir de qualquer semente. Assim podemos produzir o nosso óleo alimentar quando necessitamos e a partir de sementes biológicas que produzimos, trocamos ou adquirimos.
Utiliza uma pequena fonte combustível com álcool (não consta na imagem) que aquece o corpo metálico favorecendo a extracção do referido óleo.
Pela rosca da frente sai a pasta já prensada e sem óleo e na ranhura traseira inferior sai o óleo para o recipiente que lá colocarmos.
O orifício superior é por onde se faz a alimentação do aparelho. Basta cortar o topo de um garrafão de plástico e adaptar ao oríficio.
Já produzimos óleo de sementes de cânhamo para o nosso consumo e ficou divinal! 😉

IMG_9640
IMG_9642

Este segundo mecanismo manual foi-nos oferecido por uma amiga muito querida, que o trouxe da Europa de Leste e que se utiliza para esmagar fruta, retirar o sumo e a polpa, não perdendo qualquer nutriente no processo.

IMG_9634