Mantendo o nosso Jardim Comestível

Como parte da manutenção de inverno continuamos com a poda das árvores de fruto de forma a facilitar a entrada de luz, reduzir a energia gasta pela árvore na produção de folhas e concentrar a mesma na produção de fruto. Estamos no processo de domínio da arte e esperamos estar no bom caminho. As podas resultantes estão a ser armazenadas no telheiro da lenha para secarem e servirem dentro de pouco tempo para pegar os nossos sistemas de aquecimento a lenha! 😉 Estivemos em família, durante toda a manhã a embelezar o nosso jardim comestível e a torná-lo mais produtivo. Fizemos ainda uma tentativa de recuperação de uma romãzeira  e uma macieira que nos ofereceram, dando-lhes tb um corte acentuado e envasando-as com a terra do nosso espaço. Hoje ainda me aventurei e o duche foi no exterior com água fria! A alguns pode soar a loucura, a mim faz-me sentir que estou vivo! 😉

Lenha, Ervas Cortadas e Plantações

Os últimos dias temos andado bastante ocupados pois esta semana estreámos o nosso abrigo hobbit com os primeiros ocupantes. Recebemos dois elementos de família próxima, que tiveram a oportunidade de usufruir das insfraestruturas que temos vindo a desenvolver no projecto. Ao mesmo tempo que vieram visitar-nos e viver outra realidade, aproveitaram para vir dar uma mãozinha no terreno recolhendo, quebrando e separando o diferente material vegetal que estava a aguardar ser reduzido a um tamanho inferior e colocado em caixas para secar e servir o nosso conceito de água quente a lenha.

Aproveitámos ainda para dar uma penteadela no terreno e plantar definitivamente mais mudas e propagações. Tudo se está a tornar mais bonito e aos poucos a devolver-nos em beleza, alimento, medicina, equilibrio mental e espiritual, todo o investimento que temos vindo a fazer ao longo deste último ano.

Entre ontem e hoje, plantámos mais hortelã, alfazema, cidreira, consolda, salva, funcho e aipo. Todas as outras espécies estão no seu processo de evolução e cada vez mais fortes. Segue em imagem o exemplo dos mirtilos, o pinheiro manso, o funcho, a salva, a larajeira, as alfazemas, as calêndulas, os alecrins, os loureiros, os moragueiros, a lúcia-lima, a hortelã, o marmeleiro, as capuchinhas, a artemisia, o poejo, as gingeiras, as bananeiras, as pereiras, as oliveiras, a consolda, o aloé, o incenso, o physalis, as figueiras carregadas de figos e tudo o mais que nos rodeia.

A cada dia que passa, temos mais variedade no sistema que estamos a montar com vista à nossa resiliência e ao desenvolvimento do nosso conceito de ecossistema humano sustentável. A nossa amiga Ana ainda trará nos próximos tempos mais algumas espécies para introduzirmos no sistema e complementarmos este lindo jardim comestível! 😉

Sol e Água / Sun and Water.

Land Nature Stewardship
portugal-flag-icon
A nossa hortinha agradece as intermitências de sol e água! Continua tudo a crescer e nós a colhermos os frutos do nosso trabalho.

united-kingdom-flag-icon
Our small kitchen garden thanks for intermittent sun and water! We’re watching everything growing all around us and we continue harvesting the fruits of our labor.

IMG_3186
IMG_3243