Actualização Relativamente às Galinhas

Nos próximos tempos, temos de encontrar novas companheiras para a nossa preta lusitânica, pois infelizmente descobrimos da pior forma que as outras duas meninas, já vinham doentes, desde a altura em que as comprámos e não resistiram. Inicialmente quem nos as vendeu, garantiu que certos pormenores no aspecto e comportamento delas eram normais, por haver um galo na capoeira no local de onde elas vinham, mas desde o início percebemos logo, algumas fragilidades e limitações que tinham como galinhas. Não comiam couves, não reconheciam a ração bio em pellets, não comiam lagartas, caracois, lesmas, nem minhocas. Percebemo-nos que apenas conheciam pão, ração pulverizada e algumas ervas mais simples, que devia ser o alimento ao qual tiveram acesso durante os primeiros dois anos de vida.

Sendo assim era impossível serem saudáveis com esse tipo de alimentação. Faleceram as duas da mesma forma e com os mesmos sintomas, que depois de alguma investigação, percebemos que é uma doença que já vinha incubada nelas e que pode manter-se activa para contágio até durante três meses. Aparentemente, esta que sobreviveu pode não ter sido contagiada, mas não há certezas de nada, visto que ainda não voltou à postura de ovos. Aparentemente esta menina, está a reagir bem e com bom aspecto. Já recuperou todas as penas, está bastante activa, mas nada nos diz que não tenha sido contaminada pelas outras duas. Vamos aguardar e esperar pelo melhor.

Evolução do Espaço – Out. 2018

Esta semana tem sido de imenso trabalho, cuidando das novas plântulas, podando e transformando ramos indesejados, ao mesmo tempo que vamos substituindo algumas plantas anuais ou algumas que não prosperaram como desejado. Aos poucos vamos afinando e embelezando o espaço, aproveitando para triturar toda a matéria e cobrindo o solo com a mesma. Sob vigilância, vamos permitindo que as nossas galinhas acedam a novos espaços para controlar invasoras, insectos indesejados e fertilizar o solo.

Neste momento, continuamos a colher figos de outra figueira que os disponibiliza agora, tivemos ainda alguns marmelos duma pequena árvore muito jovem e até já temos alguma tangerinas boas, mas fora de época. Continuamos a renovar as sementes nativas tradicionais de milho que nos foram cedidas há dois anos e neste momento já contamos com muitas mais do que as que nos foram oferecidas! 😉

Hoje, tivemos a oportunidade de cortar e ficar com a matéria de uma nespereira morta que estava no terreno do vizinho. Assim vamos poder transformar esta árvore morta em lenha para o inverno e em cobertura de solo para os caminhos. Os próximos tempos serão de transformação, recolha e protecção preparando o espaço para o inverno que vai chegar.

Novas Habitantes Completamente Integradas

As novas habitantes estão completamente integradas, andando à sua vontade a explorar cada recanto, alimentado-se do que querem e quando querem, com água da chuva suficientemente disponível para a sua necessidade. Entram e saem livremente da capoeira que tem a porta sempre aberta para não as condicionarmos na sua vontade. Já se habituaram a colocar os ovos no interior e todos os dias têm ervas fresquinhas que colhemos no jardim, para complementar a sua alimentação.

Canas, Comida Verdadeira e Finalização do Espaço das Galinhas

Na tarde da última publicação, ainda atacámos canas… à mão! Foi duro, mas temos o espaço mais liberto com este corredor junto ao muro, que nos facilita o acesso à tubagem de transporte da água do poço, em caso de necessidade de manutenção. Por outro lado, vamos reunir esta matéria para secar. Idealmente precisávamos de um triturador de ramos, para poder transformar toda esta massa em estilha, que utilizaríamos como cobertura de solo nos canteiros! Os canteiros estão cada vez mais bonitos com comida verdadeira, a desenvolver-se neles. Orgânica, biológica, vegan, livre de OGM’s, liivre de pesticidas, livre de fertilizantes químicos, local e com pegada carbónica nula. Melhor não há! 😉

Depois de uma breve pausa ontem, para passarmos o dia a brincar com a nossa menina no dia da criança, hoje atacámos com força finalizando o espaço das galinhas. Com tubagens de esgoto, criámos um comedouro exterior com tampa estanque, que permite ser alimentado na vertical e que fica protegido da chuva. Por fim transformámos o depósito de recolha de água da chuva criando um filtro de partículas na tampa, através da reutilização de uma grelha velha antissalpicos, em aço inoxidável, do IKEA.

Dia do Trabalhador – Celebrando Conquistas

Por aqui, dias de semana. fins de semana ou feriados é tudo igual. O dia descanso é quando se quer ou quando se pode. Não existem dias marcados e as comemorações são realizadas de acordo com as nossas conquistas pessoais e não de acordo com o instituído por um governo ou religião. Celebrando as conquistas laborais de quem está no sistema, hoje, dia do trabalhador, celebramos a conclusão da vedação e portada de acesso da área dos animais. Com eles, estabeleceremos parcerias em que ambas as partes beneficiarão, ao contrário das “produções/explorações animais” com uma atitude de subjugação de outra espécie para benefício próprio. Este é o verdadeiro espirito do futuro dia do trabalhador, o dia em que se celebram conquistas, fazendo o que se ama, rodeado de quem tem significado na nossa vida e fora do sistema capitalista patrão-empregado. Bom dia do trabalhador! 😉

Gostaste da Dica? Subscreve agora! 😉

Loading

Identificação de Árvores e Localização Relativa / Tree identification and Relative Location

portugal-flag-icon
Identificámos a maior parte das árvores que já se encontram estabelecidas e em produção. Elas tomam a sua parte no planeamento dos elementos que pretendemos implementar. Por exemplo, a capoeira, o sistema de compostagem e o minhocário partilharão o mesmo espaço com uma pereira! As galinhas produzirão estrume, que será incorporado no compostor, o minhocário providenciará algum alimento para as galinhas, tal como as peras que cairão da árvore! Depois do composto pronto, este será aplicado no solo a toda a volta da pereira para fechar o ciclo! 😉

united-kingdom-flag-icon
We identified most of the trees that are already established and in production. They take part on the planning for the elements that we want to implement. For instance, the chicken coop, the composting system and the worm nursery will share the same space with a pear tree! The chickens will produce manure, that we’ll incorporate in the composter, the worm nursery will provide some food for the chickens as well as the pear fruits from the pear tree! After the compost is ready it will be applied back in the soil all around the pear tree to close the cycle! 😉

Verdadeira Comida de Galinha / Real Chicken Food

Land Nature Stewardship
portugal-flag-icon
Isto sim, é verdadeira comida de galinha. Larvas de mosca do nosso sistema de vermicompostagem. Perante este petisco gourmet, as nossas pretas tornam-se nos ferozes predadores que a mãe natureza programou para serem! 😉

united-kingdom-flag-icon
This is real chicken food. Fly larvae from our vermicompost system. Standing by this gourmet snack, our blackies turn into the wild predators mother nature programmed them to be! 😉

IMG_2721
Screen Shot 2014-07-28 at 20.52.24

Sistema Automático de Água / Automatic Water Feeding System

Building
portugal-flag-icon
Hoje instalámos um simples sistema automático de água para as nossas galinhas pretas lusitânicas reutilizando componentes que já tínhamos mas que ganharam novas funções! 😉

united-kingdom-flag-icon
Today we installed a simple automatic water feeding system for our Lusitanic Black Chickens, reusing components we had previously but adding new functions! 😉

IMG_2508
IMG_2509

Banhos de pó / Dust baths.

Land Nature Stewardship
portugal-flag-icon
As nossas meninas, todos os dias têm feito a sua higiene pessoal. abrem as suas banheiras de terra partindo o solo com o seu bico e depois banham-se durante todo o dia em núvens de pó que para quem não sabe, permite que desta forma elas sufoquem e eliminem pequenos parasitas externos que possam ter no seu corpo! 😉

united-kingdom-flag-icon
Our girls, everyday are taking care of their personal hygiene. They open their earthen bathtubs, breaking the soil with their beak and then they bath all day long in clouds of dust. They have this behavior in order to suffocate and eliminate small external parasites that they may have on their bodies! 😉

IMG_2032
IMG_2075
IMG_2085
IMG_2090

Galinhas Felizes / Happy Chickens

Land Nature Stewardship
portugal-flag-icon
Esta tarde o tempo esteve excelente, as galinhas estão felizes e temos dois ovos todos os dias! É mais que suficiente para nossa necessidade. Até o composto está feliz! Até vai dar batatas como se vê na imagem! 😉

united-kingdom-flag-icon
This afternoon the weather is great, the chickens are happy and we got two eggs everyday! Is more than enough for our needs. Even the composter is happy! It will sure give potatoes like you can see in the picture! 😉

IMG_1748
IMG_1752
IMG_1737

Pretas Lusitânicas / Lusitanic Blacks

Land Nature Stewardship
portugal-flag-icon
Mesmo com toda a chuva as nossas galinhas andam sempre a aprontar das suas. Sempre aos saltos, nas suas corridas e a atacar os verdes fresquinhos que lhes damos. Antes da chuva ter regressado estavam assim! 😉

united-kingdom-flag-icon
Even with all the rain, our chickens are always up to something. Always jumping around, running and attacking the fresh greens we gave them. Before the rain returned they were looking like this! 😉

DCIM100GOPRO
DCIM100GOPRO

Tarefas Matinais / Morning Activities

Land Nature Stewardship
portugal-flag-icon
Depois de um dia preenchido ontem na feira dos museus, o dia de hoje começou bem cedo com várias actividade na rua.
Cuidámos das nossas galinhas, dando-lhes alguns restos vegetais fresquinhos e abastecendo os reservatórios de água. Abrimos a estufa e regámos todas as plantas e plântulas, controlando o estado de cada uma. Aproveitámos também para regar a horta e para colher algumas folhas para chá ou macerações. Folhas novas de Oliveira para chá e folhas de Alfazema para as macerações dos nossos produtos naturais. Ficarão a secar nos próximos dias no interior do nosso yurt.

united-kingdom-flag-icon
After a full day at yesterday’s Museum Market, today we started early with several outdoor activities. We took care of the chickens, giving them some fresh vegetables and filling their water reservoirs. Next, we opened the greenhouse, and gave water to all the plants and seedlings, trying to attend their needs. We also watered our little kitchen garden and harvested some leaves for tea and macerations. Fresh olive tree leaves for tea and Lavander leaves for our natural products. They will be drying for next few days inside our yurt.

IMG_1572
IMG_1557
IMG_1579
IMG_1553

Pretas Lusitânicas – Actualização

As nossas meninas estão cada vez mais espertas mas também mais mal comportadas! Felizmente sabem que nunca irão acabar no prato de ninguém! 😉 Têm ajudado a gerir o seu espaço e ao mesmo tempo dão uma ajuda a preparar o material a ser incorporado no compostor.
Temos vindo a ponderar encontrar um macho para termos pequenotes cá no espaço, mas tanto a agressividade como o barulho desse possível futuro habitante deixa-nos hesitantes. Temos de informar-nos melhor.

IMG_0879

Mais informações sobre esta raça autóctone:
http://www.amiba.pt/index.php?idm=22

Reforma no Espaço dos Animais.

Durante a tarde hoje estivemos muito ocupados a dar uma reforma no espaço dos animais e a preparar a rampa de acesso ao yurt para uma transformação de que vos iremos falar nos próximos dias.

Já no espaço dos animais, retirámos parte da cobertura de solo, que incluí matéria verde, castanhos e dejectos das galinhas. Estes elementos foram incorporados no compostor.
Limpámos e mudámos a capoeira de lugar para expor aos elementos parte do solo e proteger outras zonas que poderão fornecer alimento às nossas pretas.
Acrescentámos também alguns elementos que permitem que as nossas meninas saltem e pulem dentro do espaço que lhes foi destinado, embora saibamos que poderá ser mais um estímulo para saltarem a vedação… A ver vamos.
Por fim aplicámos alguma serradura no chão para absorver melhor a humidade e adicionámos uma parte ao compostor para equilibrarmos o nível de carbono e nitrogénio no processo de degradação da matéria orgânica para futura transformação em Húmus.

A pretas ficaram um pouco desconfiadas da serradura mas depois de termos dado uma borrifadela no solo, lá foram para a capoeira ao final do dia.

IMG_0497
DSC00565
DSC00555
DSC00558
DSC00563

As nossas pretas.

Lá andam elas… com muita liberdade e pouco respeito…

As nossas Pretas Lusitânicas, já se aventuram a saltar a vedação para se virem alimentar da bicharada que anda nos canteiros. Felizmente ainda não estragaram nada, mas estamos a ver que o corte nas penas guia terá de ser mais radical…

…Mas estão lindas… e todos os dias dão um a dois ovos! 😉

IMG_0490
IMG_0496

O Dia de Primavera de Ontem.

Ontem realmente esteve um dia de primavera, que foi aproveitado ao máximo para tratar do espaço. Nós e os animais agradecemos… As galinhas adoraram os seus banhos de sol, as rãs adoraram o conforto térmico para se auto-regularem e nós parece que foi um pouco dos dois mas com muito suor e lama à mistura.

IMG_0449

Aproveitámos também para plantar definitivamente o nosso pequeno limoeiro, criando condições para que este receba as águas da chuva e dos regos que circundam o espaço, tendo em atenção que o espaço onde foi inserido recebe bastante água mas também tem a capacidade de escoamento para que este não alague. Deixámos um espaço a céu aberto com gravilha onde poderemos despejar águas cinzas que por sua vez o alimentarão também em épocas de menos chuva. Estivemos também atentos à protecção contra os ventos frios de Norte, daí estar relativamente perto da vedação.

IMG_0457

Pontos de Interesse.

Durante a manhã de hoje interviemos no espaço das nossas amigas reparadoras de solo.

Adicionámos alguns pontos de interesse como se pode ver nas fotografias, deslocámos a capoeira móvel para uma nova zona e renovámos o interior do espaço com palha de Luzerna bem como os seus ninhos.

Ficaram muito curiosas e contentes pois logo que nos afastámos ocuparam imediatamente o espaço! 😉

IMG_1031
IMG_1033
IMG_1037
IMG_1035

Recuperação de Solo com Galinhas Felizes.

As nossas pretas continuam o excelente trabalho de recuperação do solo. Hoje mudámos o tractor de galinhas para outro local e remexemos um pouco o solo para arejar o mesmo.

Notamos que as nossas meninas estão a produzir ovos com maior frequência, estão bem alimentadas e aparentemente felizes! 😉

IMG_8722
IMG_8724

Continuação da Recuperação de Solo.

Hoje alterámos o local do tractor de galinhas, revolvemos o solo com o esterco das galinhas, adicionámos borra de café e espalhámos bastante erva pata para as nossa pretas continuarem a sua tarefa de recuperação deste solo que se encontrava completamente degradado.

Aquilo é que foi felicidade! Adoraram e até deixaram dois ovinhos! 😉

Hoje ainda fizemos algumas mudas de plantas e tentámos retirar mais raízes de cana duma zona destinada a canteiros. Infelizmente os bolbos levaram a melhor e partiram a enxada… não o cabo… mas o ferro!!!!

Amanhã lá teremos de ir comprar uma nova enxada. 🙁

IMG_8543

IMG_8534

IMG_8558

IMG_8552