Compostor de Resíduos / Humanure Composter

portugal-flag-icon
O nosso compostor continua em perfeito funcionamento, sem qualquer tipo de mau cheiro ou escorrimento. No fundo, começamos já a observar alguma matéria decomposta e transformada em húmus, o fantástico fertilizante natural produzido pelas nossas amigas minhocas. Devido ao princípio de localização relativa, adicionámos um sistema de lavagem do balde sanitário na lateral do nosso compostor.

united-kingdom-flag-icon
Our composted continues to do the work, without any kind of bad smell or dripping. At the bottom, we are starting to see some decomposed matter, already transformed in humus, the marvelous natural fertilizer produced by our worm friends. Due to the principle of Relative Location, we added a sanitary bucket washing system right next to our composter.

IMG_1413

Finalização de alguns canteiros.

Depois da primeira camada de cobertura de solo e depois de bem humedecida, foi altura de retirarmos o húmus do nosso vermicompostor e adicionar fertilidade pura aos nossos canteiros. Decidimos para isso criar uma massa com água, misturando o húmus, algumas minhocas e a borra de café que havíamos separado anteriormente. Esta pasta foi espalhada nos canteiros e mais uma vez humedecida com água.

Por fim adicionámos uma camada extra de cobertura de solo, para proteger os microorganismos do solo, as minhocas e para manter a humidade nos nossos canteiros! 😉

IMG_9099
IMG_9104
IMG_9105
IMG_9118

"O lixo de um homem pode ser o tesouro de outro."

“O lixo de um homem pode ser o tesouro de outro.”

Neste caso é mesmo! 😉 O Café da Aldeia cede-nos gentilmente os seus sacos do lixo e nós tratamos de separar os papéis da borra de café. O que supostamente iria para o lixo orgânico, aqui toma uma nova dimensão. Vai servir de alimento aos microrganismos do solo e às nossa minhocas que se vão deliciar e que o vão transformar em húmus! 😉

IMG_9097