Evolução do Espaço – Out. 2018

Esta semana tem sido de imenso trabalho, cuidando das novas plântulas, podando e transformando ramos indesejados, ao mesmo tempo que vamos substituindo algumas plantas anuais ou algumas que não prosperaram como desejado. Aos poucos vamos afinando e embelezando o espaço, aproveitando para triturar toda a matéria e cobrindo o solo com a mesma. Sob vigilância, vamos permitindo que as nossas galinhas acedam a novos espaços para controlar invasoras, insectos indesejados e fertilizar o solo.

Neste momento, continuamos a colher figos de outra figueira que os disponibiliza agora, tivemos ainda alguns marmelos duma pequena árvore muito jovem e até já temos alguma tangerinas boas, mas fora de época. Continuamos a renovar as sementes nativas tradicionais de milho que nos foram cedidas há dois anos e neste momento já contamos com muitas mais do que as que nos foram oferecidas! 😉

Hoje, tivemos a oportunidade de cortar e ficar com a matéria de uma nespereira morta que estava no terreno do vizinho. Assim vamos poder transformar esta árvore morta em lenha para o inverno e em cobertura de solo para os caminhos. Os próximos tempos serão de transformação, recolha e protecção preparando o espaço para o inverno que vai chegar.

A meio de Dezembro

Ainda nem há quinze dias montámos a nossa árvore de natal reciclada, recolhemos lenha para as noites frias que se têm sentido e ainda estivemos presentes numa feira local com os nossos produtos ecológicos. Aproveitando a ausência de chuva dos últimos dias, trabalha-se e brinca-se na rua. Hoje com o bom tempo, iniciámos a poda seca das nossas frutíferas que acabaram de largar todas as folhas. A temperatura está agradável especialmente ao Sol e que bom é, carregar não só as baterias internas como as do sistema fotovoltaico! 😉 As podas estão a ser cortadas em pedaços mais pequenos e armazenadas para secagem. As mesmas servirão ao longo do ano para ajudar a pegar os nossos conceitos de energia, calor e água quente a lenha. Na horta crescem entre muitas coisas, Acelgas, Alho Francês e Couves. Os compostores estão sempre em constante mutação e evolução, preparando nutrientes para a próxima primavera e verão. Neste momento está tudo lindo, verdinho e colorido! 😉

Feliz Magusto! Bom Ano Novo Pagão! ;)

Esta semana concluímos as tarefas de preparação da chegada do Inverno. Reposicionámos o painel fotovoltaico para uma inclinação de 70º optimizando a conversão de luz em energia eléctrica. Removemos a tela interior de sombra da cúpula, de maneira a permitir que a luz no interior seja mais intensa e que a mesma se prolongue o máximo possível (pois o Sol já não será tão intenso, os dias estão mais curtos e a hora mudou). O sistema de captura de água da chuva está limpo e já contamos com 300l capturados apenas em três dias de aguaceiros. Fomos buscar alguma lenha miúda que armazenámos. Limpámos e verificámos o correcto funcionamento da moto-serra, aproveitando para proceder ao corte de pedaços de lenha, pois assim que o inverno entrar em força temos o material pronto para as podas. Ainda foi possível continuarmos com os trabalho de limpeza do terreno em zonas menos acedidas ou nos limites do mesmo. Passados dois anos e meio ainda continuamos a encontrar lixo enterrado que agora fica mais fácil de remover devido ás primeiras chuvas. De resto, observamos a vida a desenvolver-se, as plantas a renovarem-se enquanto nos preparamos para recolher e celebrar a entrada do novo ano Pagão. Feliz Magusto ou Happy Samhain para todos! 😉

Mais info:
https://durvate.wordpress.com/tag/samhain/
https://durvate.files.wordpress.com/2016/10/magusto-english.pdf

Velocidade Cruzeiro

Ontem funcionámos a velocidade cruzeiro! Como forma de aproveitar o solarengo dia, limpámos e libertámos o espaço destinado à futura Oficina, fizemos algumas propagações e ainda antes do almoço recebemos os nossos amigos Ana e Bruno para nos virem dar uma mãozinha no controle de ervas e nas podas com o auxílio da moto-serra e da roçadora! No espaço de horas fizemos o que normalmente eu faria em algumas semanas. A serventia para a carrinha está de novo operacional, a zona da futura horta também já se encontra a avançar e as zonas limítrofes da vedação estão limpas e já se circula livremente. Todas as podas foram armazenadas para serem utilizadas nos nossos conceitos a lenha. Todas as ervas cortadas foram deixadas no local para seguirem com o seu processo de compostagem e nutrição do solo. Ao fim do dia, o banho dos guerreiros com água quente no chuveiro exterior soube pela vida! 😉 Ficou a faltar a poda de mais algumas árvores que terá de avançar durante esta ou a próxima semana. Amigos, obrigado pelo convívio e pelo vosso trabalho! 😉

Limpezas, Aquecer conceitos e Cobrir Caminhos

Durante os últimos dias fizemos limpezas gerais em todos os conceitos, recebemos mais lenha e aproveitámos para aquecer os espaços no sentido de libertar alguns resquícios de humidade que pudessem ainda permanecer das chuvas dos últimos tempos. Hoje e já depois de dois dias mais quentinhos colocámos a carrinha a bom uso e fomos buscar umas belas sacadas de caruma ao pinhal.  Pelo caminho ainda passámos pela praia para sentir a energia do mar e do vento, deixando a nossa menina correr pela areia molhada. No pinhal, recolhemos caruma em vários pontos de forma a não desnudar o solo e de regresso, foi espalhá-la nos caminhos do projecto por onde circulamos. para defini-los ao mesmo tempo que protegemos o solo que se encontrava despido devido à circulação intensiva nos mesmos. O carreiro de acesso ao chuveiro exterior também foi coberto. Aos poucos queremos cobrir todas as áreas de circulação com este material natural, abundante e gratuito! 😉

Segundo Imprevisto de Fim de Semana

Outro imprevisto esteve relacionado com a chuva dos últimos dias que amoleceu o terreno nas zonas onde acumula mais água. A carrinha saiu e entrou perfeitamente para irmos buscar lenha pois pela previsão do tempo, não chovia, mas entretanto choveu mesmo e foram as manobras de estacionamento na chegada, que nos tramaram. As rodas frontais ficaram enterradas, com a carrinha fora do toldo de protecção. Como se não bastasse começa a cair uma carga de água enquanto tentávamos mover a carrinha. Foi mesmo para esquecer. Protegemos a carrinha com a sobrecapa e aceitámos que a solução viria após uma horas.

Obrigado ao nosso amigo João que nos cedeu prontamente o seu guincho para 4 toneladas e os equipamentos necessários a procedermos hoje de manhã ao “salvamento” da máquina. No processo de remoção anterior ao guincho acabámos por criar um problema pois sem querer, dobrámos a chapa de protecção do disco de travagem que estava a ser pressionado e fazia um barulho fora do comum, Após desmontagem da roda e de endireitarmos a chapa, ficou o problema resolvido e a carrinha de novo funcional. Sendo assim, além do pincel de retirar a carrinha dos buracos, ainda apanhámos o de montagem do macaco em terreno mole e remoção da roda para reparar o que tínhamos feito acidentalmente.

Encarando pela positiva, fica a experiência para não esquecer em relação a pontos frágeis do terreno, a experiência na remoção da nossa carrinha pesadota com um guincho agarrado a uma árvore, a experiência de montagem dum macaco em terreno mole, e a experiência de mudança de roda no terreno para endireitar a chapa de protecção do disco de travagem! Aplicámos alguma lenha nos buracos e tapámos com cartão e chapa para evitar novos acidentes. Isto tb é permacultura e o facto de termos solucionado todos os problemas tornou-nos mais resilientes! Só não precisava era de custar tanto e causar  stress! 😉

Carrinha, Caminhos, Ferramentas e Eficiência 12v.

Durante esta semana estivemos ocupados a finalizar todos os aspectos relacionados com a inspecção da nossa carrinha de trabalho. Felizmente e como tratámos de resolver tudo o que havia para resolver durante o passado mês e meio, temos neste momento a nossa carrinha inspeccionada até Março de 2018! 😉 Sendo assim aproveitámos para recolher mais caruma no pinhal para continuarmos a cobertura dos caminhos de terra, aproveitando ainda para armazenar ramos secos que utilizamos na queima inicial nos nossos sistemas a lenha.

Esta semana, pelo meu aniversário foram-nos doadas mais três peças antigas para recuperar. Esperamos um dia, ter um espaço dedicado para armazenar e organizar devidamente todas as nossas ferramentas, num género de oficina móvel! 😉

Por fim, libertámo-nos de dois monitores multifunções a 220v, que segundo o nosso plano pessoal de eficiência energética, trocámos finalmente por um monitor/tv LED que permite ser utilizado a 12v directamente do painel solar, com um consumo fantástico e super eficiente de 22w (um terço de uma lâmpada incandescente). Este monitor/tv permite continuar a fazer a testagem de máquinas do génio da maçã como monitor externo e como parte integrante do sistema de jogos retro a 12v que tenho vindo a desenvolver nos últimos meses. Será ainda utilizado no âmbito de situações de formação para visionamento de imagens ou videos de forma eficiente e off the grid!

Ainda este mês, iniciámos os planeamentos de logística e materiais para o forno a lenha, a capoeira e os canteiros elevados. Há muito por fazer, o tempo é pouco, mas em breve saberão mais! 😉

Mantendo o nosso Jardim Comestível

Como parte da manutenção de inverno continuamos com a poda das árvores de fruto de forma a facilitar a entrada de luz, reduzir a energia gasta pela árvore na produção de folhas e concentrar a mesma na produção de fruto. Estamos no processo de domínio da arte e esperamos estar no bom caminho. As podas resultantes estão a ser armazenadas no telheiro da lenha para secarem e servirem dentro de pouco tempo para pegar os nossos sistemas de aquecimento a lenha! 😉 Estivemos em família, durante toda a manhã a embelezar o nosso jardim comestível e a torná-lo mais produtivo. Fizemos ainda uma tentativa de recuperação de uma romãzeira  e uma macieira que nos ofereceram, dando-lhes tb um corte acentuado e envasando-as com a terra do nosso espaço. Hoje ainda me aventurei e o duche foi no exterior com água fria! A alguns pode soar a loucura, a mim faz-me sentir que estou vivo! 😉

Diversidade

Diversidade é algo muito importante tanto para o mundo natural como para a actividade humana. Por cá começamos a sentir de novo o bicho do planear, estudar e preparar elementos a introduzir no nosso espaço em 2017. Temos vindo a estudar o sistema de canteiros a utilizar na horta e hoje no Abrigo Hobbit, em família, iniciámos o estudo da futura capoeira com ajuda da nossa artista de serviço! 😉 Ao mesmo tempo, fazem-se trabalhos de manutenção, como a reparação do portão danificado há umas semanas pelo vento forte, a observação da evolução do material nos compostores ou o corte e largada de ervas mais altas para permitir que o Sol incida em plantas mais rasteiras. Podam-se árvores e recolhem-se ramos para ficarem no telheiro a secar e futuramente alimentar os nossos sistemas de lenha. Brinca-se lá fora ao som dos passarinhos e dos gatos com o cio e aproveita-se o Sol para secar a roupa, carregar o sistema energético da casa e todos os aparelhos electrónicos com baterias. Ao mesmo tempo as nossas baterias internas carregam também e para acabar em beleza, nada como um belo banho de água bem quente, aquecida a lenha na nossa bailarina! 😉 O dia hoje foi bastante diverso e o bom tempo desta semana tem sido animador contrariamente ao que virá por aí nas próximas semanas de Inverno, quando regressar a chuva e o frio.

 

Preparação para o Inverno – Lenha

Os nossos conceitos são aquecidos exclusivamente a lenha. No estilo de vida off-grid, uma vida sustentável passa por utilizar no inverno a solução mais natural e primordial para aquecimento, produção de água quente e cozinhados. Ao mesmo tempo que retiramos uma árvore velha e morta do terreno, plantamos outras novas árvores pelo espaço para garantir o equilíbrio e manutenção dos recursos a longo prazo. Através deste plantio sucessivo, sequestramos carbono em maior quantidade, ficando este armazenado nas plantas e no solo, tornando a pegada carbónica do nosso consumo de lenha, nula ou mesmo negativa. Nos últimos dias contámos com a ajuda dos meus pais que nos visitaram e ajudaram a preparar o espaço para o inverno. A árvore foi totalmente cortada em pedaços mais pequenos e dividida por tamanhos em caixas que posteriormente foram armazenados e que encheram completamente o nosso pequeno telheiro construído para o efeito! Tudo isto feito sob o olhar atento da pequena mestre de obras que no final aprovou o trabalho 😉

Visitando Amigos

Ontem, da parte da tarde, aproveitámos o bonito dia de Sol para nos metermos à estrada com a carrinha. Fomos visitar o nosso amigo Melo da Lantastic e o nosso amigo João das Minicasas Portugal.

Tivemos a oportunidade de contar com a oferta de recursos que valorizamos bastante e que agora temos como transportar! 😉 O nosso amigo Melo tinha bastantes caixas de cartão e uma velhinha playstation avariada que iria para a reciclagem eventualmente, e o nosso amigo João, muitos cortes de madeira para lenha e ainda mais uma proposta de colaboração com o seu projecto. Muito obrigado amigos pelas ofertas e pela companhia! Grande abraço! 😉

Telheiros Prontos para o Inverno

Hoje tratámos de estabilizar e dar estrutura ao novo telheiro para lenha e aproveitámos ainda para substituir a tela que cobre o telheiro provisório dos materiais e ferramentas. Em  breve teremos disponível para lenha uma árvore morta que está no terreno anexo e que iremos cortar e armazenar recolhendo o máximo de recursos para utilização nos nossos conceitos.

Foi este o resultado:

Restauro – Projecto Secreto / Estudo do Forno a Lenha

Temos trabalhado com afinco e persistência nas actividades de logística e restauro relacionadas com o nosso projecto secreto. Ontem ficámos mais perto de concluir a primeira fase de restauro, pois conseguimos encontrar algumas das peças que procurávamos. Ainda faltam três elementos, que na próxima semana já estarão connosco e permitirão avançar para a próxima fase! 😉

Ao mesmo tempo, aproveitamos para continuar com o estudo e selecção de materiais , design, localização e logística associada ao forno de lenha que estamos a conceber. Todas estas tarefas ocupam grande parte do dia e demoram o seu tempo a serem concluídas, mas tudo está a evoluir como planeado! 😉

Novo Compostor, Espaço Coberto, Tomates e Terceiro Elemento no Terreno.

Nos últimos dias temos vindo a cuidar e a manter os espaços. limpámos uma nova zona que irá albergar um terceiro compostor, pois a criação de matéria orgânica é crucial para o desenvolvimento do nosso espaço. Redistribuímos materiais que se encontravam num segundo telheiro improvisado de forma a aproveitarmos as paletes que serviam de suporte ao mesmo e que serão agora reutilizadas para armazenamento de lenha para o inverno. Este ano e lenha ficará coberta apenas com uma lona e elevada do chão pelas paletes, pois necessitamos do espaço de todas as áreas cobertas. Temos recolhido tomates do nosso círculo de bananeiras e tudo está a desenvolver-se como esperado. Agora já somos três elementos no terreno pois a nossa menina já anda e circula livremente pelo mesmo! 😉

Ajuda nas Plantações

Esta semana recebemos a visita dos meus pais, que vieram descansar e dar uma ajuda aqui no espaço. Conseguimos plantar definitivamente quase todas as espécies de árvores e medicinais/aromáticas que tínhamos em espera. Entretanto, já temos mais algumas em vaso, para daqui a uns tempos serem introduzidas no sistema. Tivemos de transplantar uma  das Oliveiras, pois estava a interferir na execução do “projecto secreto” que temos em curso e concluímos as plantações de árvores e arbustos junto aos limites do terreno para actuarem como corta-vento, produção de lenha e produção de matéria orgânica a longo prazo. Os tomateiros na fossa de bananeiras cresceram imenso e apenas em cerca de quatro pés já contámos por alto mais de 70 tomates! 😉 A nossa tangerineira pela primeira vez está carregadinha de tangerina e tudo está a desenvolver-se como esperado. Algumas das espécies plantadas nos últimos dias:

  • Rosmaninho
  • Equinácia
  • Valeriana
  • Tomilho-Limão
  • Poejo
  • Lúcia-Lima
  • Manjericão
  • Miopóros
  • Pêra-Abacate
  • Corcuma
  • Pêra-Melão
  • Figueira
  • Nespereira
  • Alfarrobeira

O nosso amigo Melo ainda nos cedeu a já referida Pêra-Abacate e algumas suculentas:

  • Bálsamo
  • Rosa de Santa Maria

Podas e Plantações

Ainda durante estes dias cortámos podas que estiveram a secar durante o último mês, para abastecermos as nossas reservas para pegar os sistemas de aquecimento a lenha.
Continuamos aos poucos e à medida que vamos conseguindo ter tempo, com as plantações no espaço, adicionando cada vez mais nutrientes e plantas, mas desta vez sem dar cabo das costas com a enxada, pois finalmente adquirimos uma ferramenta adequada a esta tarefa,  um abre-buracos ou cavadeira. É uma maravilha! Precisamos de mais bananeiras. temos de encontrar alguém aqui perto que não se importe de dispensar uns rebentos! 😉

Forno a Lenha – Planeamento, Dicas Técnicas, Inspiração e Agradecimento

Já estava prometido há bastante tempo e sabíamos que seria um dos elementos centrais do nosso projecto, mas ainda não tinha chegado a altura certa, nem tínhamos disponível a verba necessária à sua execução. Há quem venda a ideia nos cursos de Permacultura, em que tudo aparece feito como por magia e que nunca se gasta dinheiro. Para quem faz as coisas na prática, e gere um projecto, sabe que isto não passa de uma ilusão. Seja em tempo, em trabalho, em materiais, em alimentação, em energia ou em recursos humanos, há sempre um custo para tudo e sai quase sempre mais caro fazer, do que comprar feito. Mas é esse o objectivo também. Criar e desenvolver um conjunto de competências que permitam a nossa evolução como seres individuais e como parte de um colectivo! 😉

Este forno será executado juntamente com um telheiro que o irá proteger da chuva o que adiciona um custo suplementar à execução do mesmo. Durante o próximo mês vamos tentar planear tudo muito bem, seleccionar materiais, técnicas e designs, ao mesmo tempo que vamos gerindo os recursos disponíveis para podermos construír a nossa versão de forno em COB (Argila, Areia e Palha) dentro de um budget apertado.

Não podemos deixar de agradecer à nossa amiga Luísa o grande incentivo e o altruísta donativo inesperado, que fez ao projecto e que vai garantir sem dúvida que o mesmo vá para a frente ainda este ano se tudo correr como planeado! Obrigado amiga, estás também convidada a participar na execução prática do nosso “Forno da Luísa”, colocando mãos e pés na massa! 😉

Já construímos em 2011, um forno de raíz num PDC a que assistimos, mas desta vez pretendemos executar uma versão aperfeiçoada e melhorada. Para isso contamos com dicas brutais de uma das biblías de construção de fornos de terra, o mítico livro “Build Your Own Earth Oven de Kiko Denzer com Hannah Field!

IMG_1330

Aqui ficam alguma imagens de inspiração que estamos a recolher:

97double-chamber-cob-oven-kaleden-party

Organização e Limpeza no Telheiro dos Materiais

Durante o dia de hoje estivemos ocupados a reformular o espaço disponível no telheiro dos materiais. Aproveitámos para limpar as caixas de armazenamento, guardando e organizando todas as peças por categorias, ou seja, electricidade, canalização, lenha, madeiras, ferramentas, etc… Anexámos, limpámos e arrumámos todas as madeiras, removemos materiais que já não conseguimos reutilizar, colapsámos as caixas de cartão e empilhámos todas as caixas de lenha verticalmente. Desta forma o espaço ficou optimizado e todos os materiais estão acessíveis facilmente. Fizemos esta limpeza de verão e com uns retoques na protecção frontal, o telheiro ficará pronto para o próximo inverno, ou até conseguirmos verba para investir num mini espaço coberto estilo Armazém / Oficina.

 

Plantações, Polinizadores e Solo

Esta semana, temos vindo aos poucos a plantar mais algumas perenes nos locais definitivos. Temos ainda muita coisa por plantar mas o calor de ontem e hoje não tem dado grande margem de manobra. Continuamos a obervar que insectos beneficiários e/ou polinizadores são abundantes por aqui pois encontraram o nosso oásis e parecem estar felizes com o espaço que partilham connosco. Encontramos também com alguma frequência, joaninhas, abelhas, vespas e borboletas entre muitos outros que acabamos por nem identificar. Convivemos diariamente com algumas dezenas de pássaros que procuram o nosso espaço para se alimentarem e hidratarem! 😉

Anteontem cortámos a matéria orgânica que se encontrava no interior do futuro lago para utilizar como cobertura de solo nos canteiros exteriores. Ao expor de novo o fundo do futuro lago, decidimos testar a sedimentação do solo para averiguar a quantidade de argila presente no mesmo, já com a intenção de podermos retirar daqui matéria prima para a construção de elementos que vamos querer introduzir recorrendo a técnicas de bioconstrução como por exemplo o forno de exterior a lenha. Pelo que se vê nas imagens grande parte da amostra de solo é composta por argila! 😉

Começam a tomar forma novos projectos para tornar o nosso espaço ainda mais apelativo, com mais e melhores elementos que suportem o nosso ecossistema humano sustentável! 😉

Limpeza de Terreno e Recolha de Medicinais

Durante o fim de semana recebemos visitas que deram uma ajuda preciosa na manutenção do espaço. Foram reabertos caminhos, libertando alguns ramos de nespereira e algumas trepadeiras que os tinham fechado. As podas foram colocadas para secar ao Sol e serão cortadas e utilizadas como lenha futuramente.

Utilizando a gadanha demos uma nova penteadela no terreno, controlado a altura das ervas e largando no local a nova matéria orgânica. Fizemos o mesmo manualmente em zonas mais sensíveis, aproveitando ainda para controlar as diferentes espécies em todos os canteiros, incluíndo os que delimitam o futuro lago e o círculo de bananeiras. Eliminámos aquelas que não pretendemos que se propaguem por agora, deixando espaço livre e nutrientes para as que nos interessam.

Colhemos várias flores de calêndula selvagem para macerar e utilizar em futuros produtos medicinais e distribuímos pelos locais definitivos as diferentes plantas que ainda temos em vaso e que em breve serão colocadas na terra. Obrigado mais uma vez à nossa amiga Ana pela ofertas de mais plantinhas que nos fez na passada sexta-feira! Estas também já foram distribuídas e talvez ainda esta semana vão ocupar os seus locais definitivos no nosso espaço.