Limpar Caminhos

Depois das comemorações de aniversário de ontem, hoje é dia de voltar ao trabalho no terreno, mantendo os caminhos limpos com a erva cortada e deixada no local. Estas vias de circulação terão de estar sempre desimpedidas para facilitarem a nossa deslocação no espaço. Os caminhos de acesso ao círculo de bananeiras e ao compostor foram alvo de intervenção e também o espaço onde iremos instalar em breve o abrigo hobbit de madeira,

É um trabalho que consome tempo e requer bastante esforço físico, mas é a alternativa mais natural para realizar a tarefa de limpar caminhos manualmente. Evitamos assim a utilização de derivados do petróleo como o combustível de uma roçadora ou a aplicação dos nefastos pesticidas. O nosso espaço, nós  e a natureza, agradecemos! Assim que as zonas de circulação estiverem completamente definidas, aplicaremos soluções também elas naturais, mas com uma manutenção mais facilitada! 😉

Aproveitámos para recolher algumas urtigas que estão agora em semente, guardando folhas para secar e fazer chá, aproveitando para recolher as referidas sementes e ainda folhas em verde para ingestão directa em batidos.

Tanto o círculo de bananeiras, como os nossos compostores, estão com bom aspecto e contamos na primavera poder utilizar a matéria do 1º depósito para espalhar por zonas estratégicas de fertilização do espaço! 😉

 

 

Tear manual portátil.

Pois é! Desta vez trazemos até vós mais um mecanismo manual de fácil utilização.

Este tear manual não utiliza qualquer fonte de energia e permite criar algumas peças simples que poderão ser utilizadas como complemento ou como embalagem dos nossos futuros produtos.

Por outro lado temos a oportunidade de dar os primeiros passos, treinando e relembrando técnicas e aprendizagens da nossa infância. Tem a grande vantagem de ser portátil,  podendo inclusive ser pendurado na parede quando não está em utilização.

Trata-se de mais um produto totalmente compatível com o nosso espaço.

IMG_9766 - Version 2

Mais Mecanismos…

Hoje mostramo-vos mais dois mecanismos ou sistemas que utilizamos cá em casa e que permitem processar alimentos ou executar tarefas sem a utilização de electricidade.

Este primeiro trata-se de um extractor manual de óleo a partir de qualquer semente. Assim podemos produzir o nosso óleo alimentar quando necessitamos e a partir de sementes biológicas que produzimos, trocamos ou adquirimos.
Utiliza uma pequena fonte combustível com álcool (não consta na imagem) que aquece o corpo metálico favorecendo a extracção do referido óleo.
Pela rosca da frente sai a pasta já prensada e sem óleo e na ranhura traseira inferior sai o óleo para o recipiente que lá colocarmos.
O orifício superior é por onde se faz a alimentação do aparelho. Basta cortar o topo de um garrafão de plástico e adaptar ao oríficio.
Já produzimos óleo de sementes de cânhamo para o nosso consumo e ficou divinal! 😉

IMG_9640
IMG_9642

Este segundo mecanismo manual foi-nos oferecido por uma amiga muito querida, que o trouxe da Europa de Leste e que se utiliza para esmagar fruta, retirar o sumo e a polpa, não perdendo qualquer nutriente no processo.

IMG_9634

Consumo Energético Sustentável.

Durante as horas úteis do dia, os dispositivos que temos conectados e a trabalhar estão a consumir cerca de 130wh no pico de consumo no interior do yurt (isto inclui, Computador, Frigorífico, Árvore de Natal e Iluminação). Para terem uma noção… é praticamente o equivalente a duas Lâmpadas incandescentes de 60w das antigas! 😉

– Computador portátil com bateria carregada – 32,5Wh
– Frígorífico – 85Wh
– Árvore de Natal – 7,5Wh
(De noite) – dois pontos de iluminação LED (cinco horas de utilização máxima no inverno) – 1,6Wh cada
Aquecimento – Salamandra a Lenha (sem consumo eléctrico)

Os instrumentos utilitários de cozinha de que dispomos são 95% manuais. Estamos a trabalhar para os 100% mas precisamos de encontrar uma liquidificadora manual que ainda não encontrámos em Portugal.

O grande objectivo é reduzir a necessidade de consumo energético e assim facilmente podermos fazer uma instalação fotovoltaica/eólica que seja muito económica e acessível, permitido ficarmos totalmente off grid.

IMG_9296

Moagem manual.

Depois da apanha de anteontem, conseguimos produzir cerca de 250ml de café de bolota! Para moer utilizámos um dos nossos utensílios “à prova de fogo” e essencial numa cozinha “off the grid”! 😉

Utilizámos nada mais nada menos que o nosso moínho de farinha manual. Este pequeno utensílio permite transformar qualquer grão ou semente em farinha. Temos utilizado bastante este aparelho que não precisa de electricidade e agora apenas procuramos as sementes integrais que queremos. Aqui, quem faz a farinha somos nós! 😉

IMG_9072