Quarto Crescente / Medronheiro

Aproveitando o quarto crescente e o bom tempo que se faz sentir, esta é uma altura oportuna para fazer limpezas e renovar as energias negativas, pelo que durante o dia de hoje arrumámos, limpámos e libertámos espaço do nosso telheiro / cozinha exterior. Desmontámos e limpámos as tubagens da salamandra e ainda fomos a tempo de colocar definitivamente na terra mais um medronheiro, uma árvore perene e autóctone do nosso país. É hoje, uma das únicas espécies com porte arbóreo em matos perenes, nas orlas de bosques, nas encostas e mais terras, outrora cobertas de carvalhos. é uma espécie resistente à poluição urbana. É possível ainda fazer a famosa aguardente de medronho destilada a partir dos frutos desta árvore! Como se vê na última foto, ao abrir o buraco é este o tipo de lixo plástico que continuamos a remover aos poucos do solo! Resumindo, o trabalho de purga e limpeza profunda é para durar, mas há que encarar pela positiva, pois estamos um passo mais próximo do nosso objectivo! Por fim regámos e cobrimos generosamente com cobertura de solo acabada de colher para manter a humidade e nutrir futuramente esta pequena árvore! 😉

Pinheiro Manso, Medronheiro, Desodorizante, Pasta de Dentes e Tinturas

Land Nature Stewardship
portugal-flag-icon

Ao contrário da usual compra de árvores de Natal naturais, que alimentam a exploração dos solos e o abate de pinheiros com fins lucrativos, aqui nós fazemos de outra forma. Na última sexta-feira aproveitámos para plantar a nossa futura Árvore (Autóctone) de Natal, um Pinheiro Manso (Pinus pinea) que nos dará também agulhas para fazer chá (rico em vitamina C), propriedades medicinais para incluirmos nos nossos bálsamos e sabonetes, caruma para cobertura de solo, pinhas para acendalhas dos nossos sistemas a lenha, sombra e pinhões. Um verdadeiro elemento com múltiplas funções! 😉 Ainda no mesmo momento, Futuramente iremos plantar mais mas anteontem só plantámos uma muda de medronheiro para um dia utilizarmos a fruta para comer, fazer doces e quem sabe aguardente! 😉 Mais tarde adicionámos mais uma muda de erva cidreira para o nosso futuro stock de chá. Também temos batata doce a espigar para vermos como se dá por aqui.

Hoje foi dia de relaxar e fazer os nossos próprios produtos de higiene e medicina natural. Começámos pelo desodorizante, depois a pasta de dentes e finalmente as tinturas medicinais de alfazema.