Canteiros Outono/Inverno e Reparar, reparar, reparar!

Nos últimos tempos, temos trabalhado e brincado na rua, onde entre cuidar do espaço, fazer pinturas ou desenhos, preparámos novas mudas para introduzir nos canteiros alimentares de outono/inverno, que acabámos de fertilizar e cobrir. Fizemos também algumas transplantações de plantas para novos vasos com mais espaço e nutrientes, para introduzirmos no espaço, assim que regressarem as primeiras chuvas. Ao mesmo tempo, tive necessidade de pessoalmente, dedicar-me a alguns projectos pendentes, relacionados com o restauro e reparação de diferentes aparelhos que recolhemos, que nos foram oferecidos ou para os quais foram requisitados os nossos serviços de restauro. Acreditamos que mais importante que reciclar, é reparar e dar nova vida ao que está estragado ou degradado. A cultura do usa e deita fora, tem os dias contados há muito tempo!

Esta semana além do trabalho do “salvamento” do macbook da nossa amiga Wendy, continuamos a desmontar e a testar, baterias velhas de portáteis para o novo projecto de energia. Reparámos ainda um candeeiro que estava completamente inutilizado com os plásticos internos de apoio e fixação todos partidos, limpámos e restaurámos duas consolas de videojogos, uma fonte de alimentação com 26 anos e um carregador de portátil a 12v. Aos poucos, vamos adicionando novas skills e competências ao nosso cardápio, pois acreditamos que cada vez será mais importante reparar para continuar a utilizar. Esta visão e conceitos são transversais a todo o nosso projecto e totalmente de acordo com um estilo de vida ecológico, onde se valorizam os escassos recursos.

Gostaste da dica? Não percas nada do que temos para te ensinar! Subscreve já! 😉

Loading

Abundância em Mudas, Composto, Minhocas, Horta e Fruta

Durante a manhã tratámos de verificar as mudas e germinações que estão prontas. De seguida abrimos e desmontámos em definitivo o compostor que estava em repouso há mais de um ano, pois este é um dos três compostores onde transformamos eficazmente dejectos humanos e serradura num maravilhoso composto que podemos utilizar inclusive na horta, desmistificando qualquer preconceito relacionado com o tratamento deste tipo de resíduos. O erro é mesmo só para quem aperta o botão do autoclismo levando em água potável, dejectos que são reunidos em grandes quantidades e causando focos de poluição que destroem tudo no seu percurso até ao mar.

A inspectora de serviço ainda verificou a presença de minhocas Eisenia foetida que ajudaram no processo de produção deste maravilhoso composto que de seguida utilizámos em algumas plantações de hoje. Demos ainda um jeito numa ameixeira que evoluiu bastante, de forma a manter um aspecto mais estruturado e sem ramos ladrões. A Pereira que está próximo e a viver entre dois compostores, está a produzir muito mais do que em qualquer dos outros anos. Ora vejam na imagem e contem a quantidade de fruta! 😉

 

Germinar, Plantar, Mudar, Manter e Colher

Hoje foi mais um dia passado na rua a germinar, plantar, mudar, manter e colher. O nosso composto já está pronto e estamos já a utilizá-lo juntamente com o nosso solo para criarmos o nosso estrato utilizando-o também nas mudas e germinações. Ao mesmo tempo, os insectos polinizadores fazem a sua magia, nós observamos cortamos e largamos ervas, recolhemos flores para comer ou macerar e sementes para reproduzirmos ou armazenarmos.

Manutenção, Germinações e Propagações

Assim que a chuva parou, toca a ir para rua fazer propagações de rosmaninho, dois tipos de alecrim, e alfazema, cuidando das propagações de hortelã e cidreira que foram feitas nas semanas anteriores. Controlámos o estado da germinações de grão biológico, das mudas de couve e de espinafre, procedendo à manutenção das plantas que pudessem necessitar de ajuda depois da carga de água que caiu nos últimos dias. Limpeza daqui, limpeza dali, o dia passa a correr apenas em tarefas de manutenção. Ainda apanhámos physalis e verificámos a quantidade de flor de laranjeira que se está a desenvolver! Esperemos que se reflita em fruta da boa! 😉 Demos um jeito no sabugueiro que está enorme e todo em flor, apanhámos mais das suas flores para o xarope que iremos fazer em breve e por fim, temos neste momento os sabonetes desenformados e em cura durante as próximas 4 a 5 semanas! 😉

Um pouco de tudo!

Esta semana passou a correr e sempre com coisas para fazer para além das normais tarefas domésticas. No início da semana posicionámos a salamandra nova do abrigo hobbit e estivemos a realizar a instalação eléctrica de interruptores para as fichas 12v e USB no Banco/Gerador recorrendo a uma chapa plástica escavada a partir de parte de um velho vaso preto. Quando não há, inventa-se! Mas ficou com bom aspecto! 😉

Fizemos novos Bálsamos de Calêndula num tamanho grande e personalizado para duas amigas, recolhemos aparas de madeira na capintaria local para utilizar no nosso sistema de sanitário seco e temos vindo a cuidar das mudas que já estão adaptadas ao nosso espaço e que planeamos colocar definitivamente na terra ainda esta primavera. O pinheiro manso que plantámos perto do Natal está a adaptar-se bem e já está com novos rebentos! 😉

Vamos tentar recuperar mais duas baterias reutilizadas que nos foram cedidas pelo amigo Melo e estamos a preparar a recuperação do macbook duma apoiante ainda este fim de semana. Há sempre um pouco de tudo a acontecer! 😉