Aprende a lidar com chuva, testando os teus conceitos

Viver off the grid e em conceitos móveis, requer outro mindset. Aquele, em que tu sejas o autor da tua história e “homem dos sete ofícios” da tua própria casa, sempre que necessário. Não há ninguém para chamar e arranjar seja o que for, e mesmo que haja, ou não tens como pagar ou a tua visão é mesmo a mais resiliente. Cada vez mais, com o que vais aprendendo e com as skills que vais desenvolvendo, tornas-te capaz de resolver problemas e encontrar soluções por ti mesmo. Connosco passa-se exactamente isso. Há recompensa e prazer em cada canto e em cada oportunidade de resolução de um problema.

Apesar da falta que a chuva tem feito em todo o país, muitos de nós sentimos algum incómodo cada vez que esse “mau tempo” nos atinge por mais de dois dias consecutivos. Acredita, nós também sentimos a frustração de não poder estar na rua e acabamos por estar mais no interior dos nossos conceitos. Uma das formas de aprender a lidar com esta água toda, é torná-la num desafio. Esta é uma oportunidade que te está a ser apresentada, com a qual poderás testar os teus conceitos e protecções. Através da observação atenta, podes por exemplo, verificar se essa água está a causar alguma infiltração, conseguirás saber se tens alguma parte da tua casa fragilizada e poderás verificar o que deves alterar ou melhorar, para a longo prazo evitares problemas mais complexos. Um dos nossos segredos de actuação, é que assim que percebemos que algo não está como devia estar, automaticamente passamos esse problema para resolução prioritária e não descansamos enquanto não estiver tudo operacional.

No nosso caso, depois das chuvadas dos últimos dias, o portão da rua inchou com a água, a fechadura movimentou-se juntamente com a madeira e custava a fechar. Um toldo rasgou-se, outros foram-se fragilizando, sentimos que com a chuva puxada a vento de sul penetrou com algumas gotas pela cúpula do yurt, na porta do yurt as borrachas estavam completamente desgastadas com o tempo, e a porta de madeira ao empenar, estava a conduzir pela ombreira, pequenas gotas de água junto ao chão, que migraram gradualmente do exterior para o interior, através da chapa de OSB do chão.

Ontem e hoje, atacámos todos os problemas, desmontámos e limpámos a fechadura do portão da rua, voltamos a fixar as madeiras e alargámos os oríficos por onde o trinco fecha. Fixámos melhor o toldo de protecção da carrinha, mudámos as borrachas todas da porta do yurt e fixámos novas e mais fortes borrachas automóveis. Por fim, abrimos, arejámos e fechámos a cúpula, para o conceito respirar e para certificar que está tudo em condições para mais uns tempos de chuva.

Hoje de manhã o tempo abriu, tivemos oportunidade de espreitar as nossas plantinhas e certificar que está tudo pronto para mais uma noite. Pelo que parece a tempestade só vai embora amanhã. Esperamos que corra tudo bem nas próximas 24h. E agora vamos de novo para dentro que a chuva está de regresso, até amanhã! 😉

Já subscreveste as nossas notícias para nos seguires mais de perto? Em breve terás acesso a conteúdos exclusivos que apenas te chegarão por email! Subscreve agora! 😉

Manutenção dos Sistemas

A verdadeira resiliência em relação aos elementos dos nossos sistemas, vem das opções que se tomam inicialmente quanto à escolha dos materiais e pela facilidade de manutenção da nossa parte. Contamos apenas com as nossas competências no sentido de fazermos a manutenção dos nossos espaços sem recorrermos a serviços externos. Neste caso hoje desmontámos o sistema de fumos da nossa salamandra para ficar preparada para o inverno. Limparam-se as tubagens de inox e a fuligem do interior, aproveitando para substituir e renovar sistema extra de fixação ao poste de alinhamento do tubo. O último inverno teve bastante chuva e vento forte, o que destabilizou os referidos suportes de madeira. Estes também já contavam com mais de três anos de abuso, então chegou a altura de criar uns novos e fixá-los. A tubagem está de novo segura, fixa e limpa, pronta para o próximo inverno! 😉