Caos Saudável

Os miúdos têm de experienciar, mexer e usar muitas vezes, mesmo de forma que pode parecer caótica para conseguirem criar algo novo e que até então não existia, quais poetas à solta! 😉
Aquele caos saudável de toda a criançada, mas que mexe um bocadinho com aquele “transtorno obssessivo-compulsivo” da gente, já para não falar das dores na sola dos pés quando se pisa aquela pecinha minúscula que parece que estava à nossa espera para nos tramar. 🤣 Na realidade só custa mesmo é quando tenho de ser eu a arrumar tudo quando já de esgotou a paciência e está tudo de pantanas! 🤣 Mas são uns amores estes meninos!

Podas de Verão

Hoje foi dia de poda. Árvores que acabaram de produzir, outras que estão a começar a ocupar espaços indesejados e ainda fantásticos eucaliptos que nos dão propriedades medicinais, lenha e cobertura da solo. Estamos a acumular toda a matéria em pilhas, para em breve iniciarmos os trabalhos de corte e separação para lenha de inverno e para trituração como cobertura de solo, evitando a perda de humidade no mesmo. A Natureza é soberana e abundante. Não existem más espécies, mas sim, más práticas! 😉

Rede de Sombreamento

Com o calor que se começa a fazer sentir e com a chegada do verão, nada como adicionar uma rede de sombreamento para manter o conceito mais fresco e um melhor arrefecimento passivo para complementar as entradas de ar na porta que adicionámos recentemente. Resultou muito bem e estamos a pensar adicionar eventualmente nos restantes conceitos com maior exposição solar. 😉

Beliche

O projecto final de Beliche criado pela nossa menina está a tomar forma e já estamos a passar para o planeamento digital! 😉

A próxima fase será adaptar as madeiras que temos, à construção dos diferentes componentes para alterar primeiro o plano digital e tirarmos daqui todas as medidas e cortes finais! 😉

Soberania Alimentar

E no dia em que celebramos a protecção, a fertilidade e o crescimento, nada como investir no armazenamento de alimentos que não conseguimos produzir, pensando no médio / longo prazo. Nos tempos que correm e sabendo o que aí vem a partir deste Outono, nunca é demais alertar para a necessidade de recolha, processamento e armazenamento de bens essenciais. Sabendo que tudo o que vivemos tem vindo a ser planeado e executado por actores supranacionais, tudo isto requer da nossa parte planeamento interno, organização e distribuição local e descentralização de fontes, se queremos sobreviver ás investidas da distopia tecnocrata para onde nos conduzem. Quem quer ter futuro, tem de aprender com o passado.

Feliz Litha

E com a roda do ano a passar no solstício de verão, hoje celebramos o Sol e a energia masculina, no dia mais longo do ano, num tempo de purificação onde se pretende proteção, fertilidade e saúde. Chega agora a época de fertilidade e crescimento, de colheita e sabedoria. Feliz Litha! Celebremos! 😉

Nada como Ferro Fundido

Nada como cozinhar em ferro fundido! Depois de bem untadas e tratadas com calor, temos feito várias refeições com esta antiga mas actual tecnologia. Estas são definitivamente as melhores panquecas que comemos em qualquer pequeno almoço! Que maravilha. E esta panela/frigideira durarão uma vida e poderão passar para os nossos filhos e netos se forem bem estimadas! Embrulha esta, obsolescência programada! 😉

Um dia de cada vez! ;)

Hoje é mais um dia de acção com a pequenada a trepar, subir, descer, correr, escorregar, etc… enquanto o pai trata de fazer um upgrade para melhorar a passagem do ar e acelerar o arrefecimento passivo na porta de casa! Esta porta e também a madeira da cúpula de acrílico, precisarão de manutenção em breve, mas ainda há muitos projectos para avançar. Um dia de cada vez! Ainda fui dar uma espreitadela nas abelhas e lá estão elas bem empenhadas no seu trabalho e já a puxar bastante cera! 😉

Projecto Final de Ano

Cá por casa, os últimos dias têm sido tb de sistematização de aprendizagens, desde actividades de leitura de histórias, registos escritos, somas e subtrações, conjuntos e multiplicações básicas, contagens progressivas/ regressivas e ainda dramatização de situações envolvendo compras e pagamentos em numerário, seja com quantias certas e também com trocos. Esta última, foi uma das actividades preferidas de ontem, pela novidade de lidar com dinheiro físico. Já durante o dia de hoje, arrancámos com a fase de investigação do projecto final de ano em que a nossa menina utilizará todas as competências desenvolvidas ao longo do ano para a concepção e construção do seu próprio beliche. O esboço inicial do projecto está realizado e juntamente revimos os conteúdos de escrita e pintura das cores primárias, pintura das secundárias por sobreposição com lápis de cor e ainda cores opostas no círculo cromático, para utilizarmos nas decorações laterais da sua cama. Em conjunto, ainda tiveram tempo de treinar a motricidade fina também no digital pois a próxima fase envolve decidir as dimensões e finalizar o projecto no sketchup com a nossa ajuda! 😉

Fonte de inspiração e Evolução

Não pude deixar de capturar aquela luz matinal a penetrar a micro floresta que estamos a co-construír e onde evoluímos juntamente com plantas e animais. Cada vez mais, vivemos e funcionamos em perfeita harmonia, ao mesmo tempo que nos inspiramos para continuar a cultivar a mente o espírito. 🥰

Aprender brincando e vivenciado experiências

Brincar, usar a criatividade e aprender coisas novas… Nos últimos dias temos aproveitado também para explorar alguns locais e recursos nas nossas imediações e até para aprender mais sobre formas de relevo, meios aquáticos, formas de energia e sistemas de geração energética diferentes dos que temos cá em casa. 😉

Abelhas, Energia e Produção Alimentar

Nos últimos dias, a colónia de abelhas que nos adoptou este ano, tem vindo a crescer em tamanho pois estão agregar gradualmente os seus membros. As armadilhas de vespa asiática estão a cumprir a sua função e já apanhámos um par delas. A energia do Sol carrega as baterias e os aparelhos necessários ao desenvolvimento do projecto de forma independente (off grid). E nós por aqui, tem sido plantar, mondar, fertilizar, transplantar, germinar e todas as actividade necessárias à produção alimentar dos próximos meses. Com a ajuda dos nossos meninos, preparámos mais vasilhas com composto de humanure bem curado, onde estamos este ano a experimentar plantar abóbora, maximizando a área ocupada e mantendo a versatilidade de mover as planta no espaço se necessário.