Resiliência e Soluções

E hoje foi dia de ir para o telhado limpar os painéis fotovoltaicos e ainda ir buscar e integrar três novinhas habitantes, na mais recente área dedicada aos animais. Por aqui, as actividades não param e todos os dias são aproveitados ao máximo para investirmos na nossa resiliência, ao mesmo tempo que vamos inspirando quem nos segue, a encontrar as soluções que funcionem para si neste processo de “revolução disfarçada de jardinagem”! 😉

Upgrade no Sistema de Armazenamento de Conservas

Ontem entre muitas coisas que fizemos, foi dia de upgrade no sistema de armazenamento de conservas. Em familia e com os meninos a ajudar, adicionámos mais altura ao conceito e mais prateleiras para estabilizar e guardar a nossa produção que nos irá alimentar durante os próximos meses, quando a época produtiva destes alimentos estiver em pausa. Contamos ainda com altura suficiente para adicionar em breve mais prateleiras para expandir a capacidade de armazenamento.
Fica aqui o antes e o depois.

Produção Alimentar e Conservas

Muito trabalhinho mas tanta coisinha boa! 🤩Estamos a dar forte na preservação do que estamos a conseguir produzir. O método está lá e de ano para ano a melhorar e a afinar pormenores. Quando formos grandes queremos mesmo é ter muitas e muitas prateleiras cheias! 🥰

Nova Capoeira e Espaço dos Animais

Mais uma vez, apenas com material reutilizado e sobras, construímos de raiz uma segunda capoeira para o novo espaço dedicado aos animais. Desmontámos a velha escalada que já não estava a uso e adaptámos os cortes ao tamanho do resto de cobertura de painel sandwich que um amigo nosso nos tinha trazido já o ano passado. Ela toda abre para ser limpa, ou seja o painel frontal, o telhado e ainda a gaveta de chapa no fundo do galinheiro. Tem aberturas de respiração e pensadas de forma bioclimática com entradas de ar fresco por baixo nas laterais e saída do ar quente por respiradores no topo. Resultou muito bem e já lá colocámos duas nas nossas meninas. As outras duas ficam no espaço original e assim podemos aumentar a nossa capacidade de gerar alimento sob a forma de ovos, controlo de pragas e ainda produção de composto, assim que adicionarmos mais elementos ao espaço.

Espaço no Final de Julho

Em julho os trabalhos na horta e no espaço não param. Agora é finalizar a peneiragem de composto, criar novos compostores, deixar outros descansar, fazer podas, plantio e sobretudo rega para garantir que as culturas sobrevivem ao calor do verão. Já montámos mais armadilhas para as vespas asiáticas que andam perto da colmeia a montar cerco! Ainda temos de aproveitar as podas para lenha e para triturar, devolvendo matéria ao solo e ajudar a regular a humidade. Um dia de cada vez 😉

Soberania Alimentar

E no dia em que celebramos a protecção, a fertilidade e o crescimento, nada como investir no armazenamento de alimentos que não conseguimos produzir, pensando no médio / longo prazo. Nos tempos que correm e sabendo o que aí vem a partir deste Outono, nunca é demais alertar para a necessidade de recolha, processamento e armazenamento de bens essenciais. Sabendo que tudo o que vivemos tem vindo a ser planeado e executado por actores supranacionais, tudo isto requer da nossa parte planeamento interno, organização e distribuição local e descentralização de fontes, se queremos sobreviver ás investidas da distopia tecnocrata para onde nos conduzem. Quem quer ter futuro, tem de aprender com o passado.

Feliz Litha

E com a roda do ano a passar no solstício de verão, hoje celebramos o Sol e a energia masculina, no dia mais longo do ano, num tempo de purificação onde se pretende proteção, fertilidade e saúde. Chega agora a época de fertilidade e crescimento, de colheita e sabedoria. Feliz Litha! Celebremos! 😉

Nada como Ferro Fundido

Nada como cozinhar em ferro fundido! Depois de bem untadas e tratadas com calor, temos feito várias refeições com esta antiga mas actual tecnologia. Estas são definitivamente as melhores panquecas que comemos em qualquer pequeno almoço! Que maravilha. E esta panela/frigideira durarão uma vida e poderão passar para os nossos filhos e netos se forem bem estimadas! Embrulha esta, obsolescência programada! 😉

Fonte de inspiração e Evolução

Não pude deixar de capturar aquela luz matinal a penetrar a micro floresta que estamos a co-construír e onde evoluímos juntamente com plantas e animais. Cada vez mais, vivemos e funcionamos em perfeita harmonia, ao mesmo tempo que nos inspiramos para continuar a cultivar a mente o espírito. 🥰

Abelhas, Energia e Produção Alimentar

Nos últimos dias, a colónia de abelhas que nos adoptou este ano, tem vindo a crescer em tamanho pois estão agregar gradualmente os seus membros. As armadilhas de vespa asiática estão a cumprir a sua função e já apanhámos um par delas. A energia do Sol carrega as baterias e os aparelhos necessários ao desenvolvimento do projecto de forma independente (off grid). E nós por aqui, tem sido plantar, mondar, fertilizar, transplantar, germinar e todas as actividade necessárias à produção alimentar dos próximos meses. Com a ajuda dos nossos meninos, preparámos mais vasilhas com composto de humanure bem curado, onde estamos este ano a experimentar plantar abóbora, maximizando a área ocupada e mantendo a versatilidade de mover as planta no espaço se necessário.

Sintonia com o Mundo Natural

Há quem diga que é sorte! Nós dizemos que é mesmo sintonia com o mundo natural. Qual a probabilidade de termos dedicado os útimos dois dias a preparar ao detalhe, todas as condições para as nossas meninas regressarem. Já chegaram e já estão a trabalhar. Bem-vindas a casa mais uma vez! 😍

Finalização do restauro e preparação da Colmeia

Ainda durante o dia de hoje, concluímos a preparação da colmeia, com uma nova inspecção ao interior. Mais uma vez trabalhámos com a nossa mais velhinha, conceitos educativos práticos de medida, corte e e correcto manuseamento de materiais com vista a dotar todos os quadros com cera nova e ainda a colocar um pouco de mel no suporte de atracção. Pela hora do almoço ficou o trabalho concluído e parece que não tivemos de esperar muito, pois a meio da tarde já muitas abelhinhas se encontravam à porta, no interior e no recipiente do mel, a explorar. Esperemos que seja o suficiente para irem avisar a colónia e ir buscar a rainha para colonizar mais uma vez esta casinha que preparámos para elas com todo o nosso carinho e dedicação.