Restauro dos materiais queimados

E depois do susto desta semana, começam agora os trabalhos de restauro! Nova gravilha no topo da gravilha queimada e toca a esfregar, raspar, lixar e pintar madeira… Hoje, a porta dupla foi totalmente descascada, lixada e pintada, ficando concluída. A parede, ombreira e canto foram completamente esfregados com escova de aço para retirar o carvão e limpar partículas soltas. Em breve adicionaremos duas peças metálicas nas paredes para disfarçar a madeira queimada e pintar as ombreiras e cantos do conceito para uniformizar o aspecto ao mesmo tempo que inserimos protecção adicional ao mesmo.

Não foi Shou Sugi Ban

Não, não foi a técnica de Shou Sugi Ban que experimentei apenas no cantinho do WC Gerador! Foi mesmo um susto grande que felizmente resolvi relativamente rápido mas onde senti o coração apertar, até por somos extremamente cuidadosos com os nossos conceitos e com a utilização dos mesmos. Ainda não sabemos o que aconteceu e como, mas a única hipótese para o sucedido, poderá ficar a dever-se a uma faúlha que saiu eventualmente da tubagem da bailarina de aquecimento de água e que por acaso foi cair no saco de roupa que estava à porta do conceito. Avançando, sofri algumas queimaduras tramadas principalmente nos pés e pernas, mas consegui apagar o fogo. Só dei por ele quando dentro de casa ouvi o som das chamas… No rescaldo, o tubo de distribuição de água foi-se e o cabo da internet tb. Felizmente no espaço de uma hora consegui restabelecer as ligações todas… mas fiquei com bocados de plástico e roupa que ardeu pegados á minha pele, pois tive de me atirar para o meio das chamas. As dores foram tremendas inicialmente, mas felizmente tenho os meus cremes naturais milagrosos e poucas horas depois a dor foi-se. Dormi perfeitamente e hoje já restabeleci todas as minhas actividades por completo. Passadas 24h está tudo bem. Quanto ao restauro vou optar por adicionar uma chapa metálica na zona afectada e na parede paralela e lixar o canto afectado bem como a ombreira da porta. Entretanto todos os problemas são vistos por nós como oportunidades, logo iremos adicionar em breve mais elementos ao nosso sistema de segurança e manutenção dos espaços.

Soberania Alimentar

Nos tempos que se aproximam, esta é uma das melhores formas de investimento. Por aqui vamos reservando, conservando e acondicionando tb alguns alimentos que não conseguimos produzir. A inflação aqui não pega e calorias vão valer bem mais que dinheiro num futuro não muito distante! Calorias serão utilizadas inclusive como moeda de troca, entre dissidentes inconformados com as agendas que estão a ser implementadas, enquanto uma maioria anda distraída. O que fizeste hoje para garantir a tua soberania alimentar?

Chuveiro Exterior e Produtos

A pequenada está doida com o fantástico dia de primavera! O pai andou assim: Mangueiras, check! terminações, check! novo teflon na torneira, check! 😂  Hoje foi dia de reabilitar o chuveiro exterior e estrear o primeiro duche do ano na rua! Eu e a nossa pequenota já o estreámos! 🤩

Entretanto da parte da tarde estivemos a preparar coisas lindas que vão chegar a casa de um dos nossos apoiantes em breve! Obrigado pelo reconhecimento e pelo apoio que tanto precisamos, para continuar a trabalhar com a mãe terra! 😉

Portão Concluído e Tipi ao Sol

Já a preparar a primavera, o portão de material reciclado do novo espaço dos animais está instalado, faltando apenas criar um sistema de tranca. Contei com a ajuda preciosa da nossa menina que aprende sempre imenso sobre ferramentas, ferragens, parafusos e soluções que funcionam! 😉 No final de tudo limpo e materiais arrumados, migrámos a estrutura do Tipi para a zona ensolarada, para nos prepararmos para montar a tela que o define como abrigo de brincadeira para a pequenada.

Skills de Sobrevivência / Forest School

Ainda no espírito das skills de sobrevivência e baseados nas forest schools, temos aproveitado para criar situações fora do nosso espaço, para os nossos meninos terem acesso a competências reais, como por exemplo a necessidade de criar fogo para preparar alimentos. Pequenos almoços nalguns dias, almoços noutros, espaços para pendurar o material, encontrando soluções a partir dos materiais encontrados no local, utilização de ferramentas como machado e faca para fabricar determinados utensílios ou ferramentas, preparar material fino para iniciar um fogo rápido e em segurança sem recurso a fósforos ou isqueiro e ainda, aproveitar para utilizar a imaginação na criação de armas primitivas de madeira como lanças, arpões e fisgas! No processo, nada como trabalhar com eles as telecomunicações fora da rede aproveitando para treinarem a utilização de rádios PMR446.

Educação e Skills de Sobrevivência

Hoje foi dia de iniciar treinos com os meninos em algumas skills de sobrevivência. Recolha e processamento de lenha e criação de acendalha natural, utilização de pano de algodão carbonizado e pederneira para atear um fogo, utilização de fogão foguete desmontável para ferver água e fazer chá com ervas recolhidas no nosso espaço, utilização de faca e paus de acácia para criar dois cajados de madeira maciça e ainda carregamento solar portátil para sistemas de comunicação por rádio! Mais que nunca, há que dar ferramentas mentais e práticas aos nossos filhos, para enfrentarem os tempos adversos que se aproximam.

Novidades sobre a nossa Colmeia

Nem sempre tudo corre como planeado! As nossas meninas nos últimos tempos criaram novas raínhas e dividiram a colónia! As que ficaram não são talvez capazes de dar conta da regulação da temperatura do espaço total da colmeia, pelo que a humidade característica da nossa zona penetrou criando pontos de humidade/bolor. Entretanto não sabemos se conseguirão resistir ao inverno mesmo com reservas de mel como as que encontrámos. Retirámos os quadros que encontrámos afectados e removemos a cera com vestígios de fungos. Encolhemos o interior de forma a manter o espaço mais pequeno e mais capaz de regulação térmica agora de inverno e mudámos a localização da colmeia para um local com mais exposição de horas de Sol. Agora só nos resta esperar que o inverno não seja duro com as resistentes que ainda tentam manter a sua colónia.

Manutenção e Restauro da nossa Mesa Exterior

Este é o ponto essencial de convívio e trabalho durante os meses de primavera, verão e Outono. É aqui que recebemos convidados e onde fazemos as nossas refeições debaixo da confortável sombra da figueira, sempre o calor aperta, mas é também aqui, que separamos sementes, preparamos macerações e utilizamos como suporte às actividades de plantio e germinação. Construímos esta mesa há alguns anos e deste então, temo-la protegido durante os invernos, com uma lona. Nos meses que está descoberta, os figos que caem, os dejectos dos pássaros e a chuva que toca determinados pontos, acabam inevitavelmente por degradar o aspecto da madeira. Hoje concluímos mais uma manutenção e restauro garantindo um aspecto cuidado e ao mesmo tempo preservando os nossos investimentos para longos anos.

Desidratador a Lenha

Antes da chegada do inverno em que aproveitamos sempre para hibernar um pouco, estamos agora em modo non stop. Reutilizando madeiras de uma estrutura antiga, construímos recentemente um desidratador que funcionará directamente por cima da salamandra a lenha. Será um sistema que permitirá empilhar vários tabuleiros para podermos desidratar tudo e mais alguma coisa, utilizando o calor do nosso abrigo nos meses de inverno! Esta é a estrutura de suporte, faltam os tabuleiros de madeira e rede metálica! 😉

Restauros na Cozinha Exterior

Ao fim de 6 anos, ontem foi dia de restaurar as laterais de protecção e apoio junto ao telhado. Tínhamos vindo a descurar este pormenor da nossa cozinha exterior durante demasiado tempo e então metemos mão na massa para limpar, dar um novo look, restaurar e proteger estas peças de madeira! 😉

WC Gerador Atrelado

Finalmente o WC gerador / atrelado foi limpo, com manutenção feita na tubagem e nos painéis fotovoltaicos, e o mais importante, a aplicação do protector de madeira anual! Este é o conceito que sofre mais com as oscilações de temperatura e humidade durante todo o ano e por isso o com a madeira mais massacrada! De qq forma, a manutenção anual é imperativa. E esta foi feita mesmo a tempo antes desta primeira semana de chuva.

Brinquedos com alma

Hoje foi dia de criar um brinquedo com material reciclado e reutilizado para os nossos meninos. Desta vez um forno portátil que também pode ser integrado na mini cozinha exterior que construí há uns três anos para a nossa menina. Sempre que possível, brinquedos não se compram, constroem-se! 😉

Manutenção no Abrigo Hobbit

Finalmente, depois de dois anos sem uma lixadela e reforço do protector de madeira, hoje foi o dia de meter mãos na massa. A última camada de protector já acusava algum desgaste e o nosso fantástico abrigo merecia aquele carinho especial! Foi todo limpo exteriormente, uma ligeira lixadela para remover algumas imperfeições ou pontos de sujidade e toca a aplicar abundantemente duas camadas na frente e na traseira. Em breve, será necessário fazer a limpeza e manutenção do sistema de fumos e substituir as anilhas de fixação por umas novas de inox, bem como, efectuar a raspagem e pintura do metal da janela traseira. Assim que as chuvas começarem, encarregar-se-ão da limpeza da poeira da tela do telhado que tinha sido limpa a fundo há umas semanas atrás. Ficou de novo impecável! 😉

Upgrade no Sistema de Água

Com alguma tentativa e erro e sempre de forma a optimizar as finanças, chegou a altura de fazermos um upgrade à bomba de água. A anterior, embora funcione bem para determinadas tarefas, deixava a desejar no sistema de chuveiro da casa de banho, não dando vazão suficiente para uma experiência que considerássemos satisfatória. A diferença entre esta e a nova, é que a nova gasta o dobro da energia (que ficou resolvido com o upgrade do sistema fotovoltaico) mas entrega quase três vezes mais caudal. Por outro lado custa quase quatro vezes mais. Lá está! É daquelas coisas que não dá para fugir.

Todos tiveram o seu papel na manutenção do sistema, desmontagem, montagem e testagem. Primeiro, a nossa menina encarregou-se de ajudar a colocar as ferramentas necessárias ao trabalho no local e ainda avançou com a limpeza do filtro. Eu procedi à desmontagem, montagem e adaptação. Depois de tudo montado e testado pela anfitriã da casa, o nosso pequenote testou a saída de água! E voilá! Agora sim! 😉

O que também precisávamos muito era de conseguir mais depósitos IBC de 1000L para armazenarmos a águinha toda que vai cair este inverno. Aos poucos vai lá! 😉