Bálsamos Medicinais

E hoje foi dia de começar a preparar os fresquinhos e maravilhosos bálsamos medicinais para os apoiantes do nosso projecto de ecologia. Macerações que literalmente extraem com o tempo, as propriedades das plantas que nós próprios produzimos e encapsulamos em azeite e cera de abelha natural. Tudo o que fazemos, fazemos com muita força, muita vontade, criatividade e imaginação que vão ajudando a fazer o possível, mas esta é uma das formas de nos ajudarem a evoluir para investirmos directamente no espaço, em ferramentas e especialmente em materiais e matérias primas, pois nada disto se cria e mantém sozinho, ao contrário do que se vende em muitos cursos de permacultura e afins. Em breve estarão disponíveis para encomenda. Quem de lembra da história da formiga e da cigarra? Ora, pois bem! Até já, que enquanto for verão há muito que fazer. 😉

Produção Alimentar e Conservas

Muito trabalhinho mas tanta coisinha boa! 🤩Estamos a dar forte na preservação do que estamos a conseguir produzir. O método está lá e de ano para ano a melhorar e a afinar pormenores. Quando formos grandes queremos mesmo é ter muitas e muitas prateleiras cheias! 🥰

Espaço no Final de Julho

Em julho os trabalhos na horta e no espaço não param. Agora é finalizar a peneiragem de composto, criar novos compostores, deixar outros descansar, fazer podas, plantio e sobretudo rega para garantir que as culturas sobrevivem ao calor do verão. Já montámos mais armadilhas para as vespas asiáticas que andam perto da colmeia a montar cerco! Ainda temos de aproveitar as podas para lenha e para triturar, devolvendo matéria ao solo e ajudar a regular a humidade. Um dia de cada vez 😉

Abelhas, Energia e Produção Alimentar

Nos últimos dias, a colónia de abelhas que nos adoptou este ano, tem vindo a crescer em tamanho pois estão agregar gradualmente os seus membros. As armadilhas de vespa asiática estão a cumprir a sua função e já apanhámos um par delas. A energia do Sol carrega as baterias e os aparelhos necessários ao desenvolvimento do projecto de forma independente (off grid). E nós por aqui, tem sido plantar, mondar, fertilizar, transplantar, germinar e todas as actividade necessárias à produção alimentar dos próximos meses. Com a ajuda dos nossos meninos, preparámos mais vasilhas com composto de humanure bem curado, onde estamos este ano a experimentar plantar abóbora, maximizando a área ocupada e mantendo a versatilidade de mover as planta no espaço se necessário.

Calor abrasador

Os últimos dois dias foram de um calor abrasador, nada característico na nossa zona. O pouco trabalho que conseguimos executar foi logo de manhã cedo ou então só ao final do dia. Na hora da sesta não há nada como o abrigo hobbit e a nossa cama de rede debaixo da sombra maravilhosa da figueira, mas nestes dias, para refrescar demos um salto à praia, sempre que possível. Por cá, a rapaziada andou sempre descascada nas suas brincadeiras com água na dorninha que temos para eles. Já preparámos mais recipientes que enchemos de composto de humanure e plantámos abóboras que germinámos de semente. De resto tem sido rega, germinações e transplantações. Queremos este ano superar a produção do ano passado e estamos a dar o litro para que tal aconteça! 😉

Espaço no Final de Maio

Os últimos dias têm sido de muito trabalho, peneirar composto, fazer algumas podas, mondas, transplantações, germinações, plantio, preparação de canteiros e ainda a preparação de recipientes para produzir alimento verticalmente. A caminhar para o final de maio é assim que vamos!

Comidinha da Boa e Manutenção

Com o tempo maravilhoso que se faz sentir, esta manhã foi passada toda na horta a controlar os ramos excessivos de algumas árvores, mais e mais transplantações, cobertura com palha em locais estratégicos, limpar e preparar covetes para novas germinações e claro apanhar comidinha da boa para nutrirmos os nossos corpos e para armazenarmos o excedente. Também as calêndulas estão por todo lado e são agora colhidas para iniciarem o processo de secagem para posteriormente lhes extraírmos as propriedades medicinais e incorporarmos nos maravilhosos produtos que disponibilizamos aos nossos apoiantes.

Início de Maio

No dia do trabalhador foi dia de continuar os trabalhos de transplantação na horta, peneirar composto, fazer podas e limpar os filtros da água! 😉  Seguiram-se os novos canteiros de pneus, mais podas, colheita e plantio.

Tira e mete

É a altura do tira e mete! retirar ervas indesejadas, tirar comidinha da boa e voltar logo a fertilizar e a plantar mais… vai, vai, vai! Transplantámos mais dois abacateiros nascidos da mesma semente!!! Temos várias árvores já em espera para irem para as covas definitivas. Todos os dias é dia de meter mãos na massa! 😉